Estudo relaciona 12% das mortes por câncer de mama ao sedentarismo

 

Fonte: EBC

Uma pesquisa publicada na revista Nature e que contou com a colaboração do Ministério da Saúde revela que uma em cada dez mortes em decorrência de câncer de mama no Brasil – cerca de 12% – poderiam ter sido evitadas com a prática de atividade física regular. De acordo com a pasta, os números mostram que, em 2015, 2.075 mortes poderiam ter sido evitadas se as pacientes realizassem pelo menos uma caminhada de 30 minutos ao dia cinco vezes por semana.

Segundo o ministério, um dos fatores que causam o câncer de mama é o excesso de estrogênio no organismo, que pode levar à formação de mutações e carcinogênese estimulando a produção de radicais. A pasta destacou que a atividade física, por sua vez, diminui o estradiol e aumenta a globulina de ligação a hormonas sexuais, provocando uma redução de circulantes inflamatórios e aumentando as substâncias anti-inflamatórias.

Estados

Os números mostram que os estados brasileiros com melhores indicadores socioeconômicos apresentaram as maiores taxas de óbitos de câncer de mama atribuível à inatividade física. O Rio de Janeiro aparece em primeiro lugar, seguido pelo Rio Grande do Sul e por São Paulo. Apesar de não aparecerem no topo da lista, estados do Norte e Nordeste, segundo a pasta, passam por uma transição de mortalidade, aumentando o número de óbitos por doenças crônicas e diminuindo as resultantes de outros tipos.

Atividade física

De acordo com o ministério, a pesquisa também chama atenção para o impacto de outros fatores de risco para o câncer de mama – 6,5% dos óbitos provocados pela doença são atribuídos ao uso de álcool, índice alto de massa corporal e dieta rica em açúcar. A pasta reforçou que a adoção de um estilo de vida saudável evitaria 39% das mortes por doenças crônicas, que respondem por 76% das causas de morte no Brasil.

“Se a saúde/doença da população brasileira continuar a tendência atual, com grande crescimento da doença crônica em adultos jovens, não haverá financiamento suficiente para o SUS, devido ao alto custo da doença crônica”, avaliou a diretora do departamento de Vigilância de Doenças e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde, Fatima Marinho.

Números

Dados da última Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) 2017 apontam que 13,9% das mulheres das capitais brasileiras são sedentárias. O número é maior entre as que têm mais idade, mas também entre as jovens de 18 a 24 anos (21%).

O estudo mostra ainda que 51,3% delas praticam atividade física de forma insuficiente – não alcançam o equivalente a pelo menos 150 minutos semanais de atividades de intensidade moderada ou pelo menos 75 minutos semanais de atividades de intensidade vigorosa.

Cuba e Brasil avaliam alternativas para pagamento de dívidas atrasadas

 

Fonte: Terra

Cuba, cuja economia foi afetada pelo furacão Irma em 2017, avalia com o Brasil a reprogramação de pagamento da dívida atrasada durante 2018, que somariam cerca de 110 milhões de dólares até o fim deste ano, além da de 2019.

Representantes do Itamaraty, do Ministério da Fazenda e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), principal credor da dívida cubana com o Brasil, se encontraram nesta semana em Havana com seus homólogos locais.

“O que tem hoje em dia é um atraso, não é um default. A gente só considera a Cuba inadimplente quando a dívida está com mais de 180 dias em atraso, e não é o caso”, explicou à AFP o embaixador Orlando Leite, que liderou a missão brasileira. A cota atrasada de junho vence no fim deste ano.

Leite detalhou que os brasileiros procuraram conhecer os motivos do atraso e explicar aos cubanos os procedimentos. “As dificuldades do pagamento são resultantes do bloqueio norte-americano e do furacão” Irma, que afetou sua colheitas e o turismo – um de seus principais motores econômicos.

“A dívida atrasada até o final do ano é de 110 milhões de dólares”, afirmou Leite. Deste montante, parte corresponde ao empréstimo para a construção do porto de Mariel, realizado pelo BNDES, e outra à compra de alimentos via Programa de Financiamento de Exportações (PROEX).

Ambas entidades financiam as exportações realizadas empresas brasileiras, que Cuba paga a prazo. A dívida do BNDES tem seguro de exportação e a do PROEX está respaldada pelo Tesouro. As reuniões aconteceram entre terça e quarta-feira.

Atualmente, a ilha tem uma dívida agendada com o BNDES de cerca de 600 milhões de dólares, principalmente pela construção do porto de Mariel, que ficou a cargo da Odebrecht.

– Restruturação e riscos –

Cuba pediu para restruturar as cotas desde junho deste ano e dezembro de 2019. Os pagamentos seriam retomados em meados de 2019, mas com parcelas menores que as atuais. A normalização dos pagamentos começaria em janeiro de 2020, quando a parte reprogramada seria somada às prestações, explicou o embaixador.

A proposta será levada às autoridades brasileiras para consideração e, em seguida, uma negociação poderá ser aberta.

As conversas foram realizadas apesar do fato de que, após o impeachment de Dilma Rousseff, a ilha não reconhece o governo de seu sucessor, Michel Temer. As relações diplomáticas estão no nível dos gerentes de negócios.

“Explicamos a eles os procedimentos internos no Brasil para o tratamento de dívidas em atraso. O país que tem dívidas em atraso não pode acessar novos créditos. (…) Não é uma razão política, é técnica”, disse o embaixador.

O Brasil é um importante fornecedor de alimentos da ilha. O comércio entre os dois países foi de 446,8 milhões de dólares em 2017, segundo cifras oficiais cubanas.

– Alternativa ‘Mais Médicos’ –

Leite explicou que Brasil e Cuba têm uma relação antiga e esclareceu a dívida não pode se misturar à exportação de serviços médicos de Cuba, pelo programa “Mais Médicos”, que tem como intermediária a Organização Panamericana de Saúde (Opas).

“O Brasil não pode mexer nesses recursos. Estaria descumprindo um acordo com um organismo internacional”, afirmou. Contudo, a delegação brasileira sugeriu às autoridades cubanas avaliar esta possibilidade. “Cabe a Cuba, e apenas a Cuba, a decisão do que fazer com esses recursos”, comentou.

Segundo um cálculo oficial, Cuba arrecadou globalmente uma média de 22 bilhões de dólares com serviços médicos globais nos últimos cinco anos.

O Brasil deve reportar o atraso da dívida ao Clube de Paris, entidade com a qual Cuba obteve uma renegociação bem sucedida em 2015.

TSE dá prosseguimento a ação do PT contra Bolsonaro

 

Fonte: Terra

O corregedor-nacional da Justiça Eleitoral, ministro Jorge Mussi, decidiu nesta sexta-feira, 19, abrir ação de investigação judicial pedida pelo Partido dos Trabalhadores (PT) para que sejam investigadas as acusações de que empresas compraram pacotes de disparos em larga escala de mensagens no WhatsApp contra a legenda e a campanha de Fernando Haddad (PT) à Presidência da República.

Justiça determina retorno de Bruno à prisão após flagra

 

Fonte:

Nesta sexta-feira, a Justiça da cidade de Varginha determinou o retorno de Bruno ao presídio da cidade e suspendeu seu direito de trabalho externo. O goleiro foi flagrado por uma reportagem local em companhia de duas mulheres em um bar, além de uma lata de cerveja na mesa.

Bruno exercia trabalho em obras da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac), onde está preso. Além disso, ele tinha direito a aceitar empregos fora da instituição.

Uma reportagem da TV Alterosa, que é afiliada local do SBT em Varginha, flagrou o goleiro em um bar. Além da companhia das mulheres e a lata de cerveja na mesa, o vídeo mostra uma conversa de Bruno em aplicativo falando sobre a rotina de trabalho externo. Um dos pontos citados pelo jogador é o acesso a telefones e bebidas alcoólicas.

No início do mês, a Justiça tinha atualizado o atestado de Bruno, permitindo ao goleiro pedir a progressão de pena (a partir do dia 13 de outubro) para o regime semiaberto domiciliar. Com o ocorrido, ele deve permanecer dentro do presídio até que haja nova apuração sobre o ocorrido ou que a progressão seja concedida.

Bruno foi preso em 2010 e condenado em 2013 a 22 anos de prisão pelo planejamento da morte da modelo Eliza Samúdio – que, na ocasião, estava grávida de seu filho. Além disso, o ex-goleiro responde também pelo sequestro e cárcere privado de seu filho Bruninho.

Imigrantes hondurenhos que viajam em caravana rumo aos EUA atravessam para o México

 

Fonte: G1

Hondurenhos que viajam em caravana rumo aos Estados Unidos atravessaram nesta sexta-feira (19) a fronteira da Guatemala com o México, furando o bloqueio policial que estava no local.

Os hondurenhos estavam na cidade guatemalteca de Tecún Umán, próxima da fronteira.

“Vou feliz, não estamos fazendo nada de mal, só queremos trabalho”, disse à agência France Presse uma mulher que caminhava junto com uma menina enquanto a caravana entrava pela ponte internacional que une a Guatemala com o México.

A caravana teve início no último sábado (13), em San Pedro Sula, região norte de Honduras. Os imigrantes são motivados pela falta de segurança e pela busca de melhores condições de vida.

Imigrantes pulam grade na fronteira da Guatemala com o México nesta sexta-feira (19); caravana com milhares de imigrantes atravessa rumo aos EUA — Foto: Ueslei Marcelino/ReutersImigrantes pulam grade na fronteira da Guatemala com o México nesta sexta-feira (19); caravana com milhares de imigrantes atravessa rumo aos EUA — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Imigrantes pulam grade na fronteira da Guatemala com o México nesta sexta-feira (19); caravana com milhares de imigrantes atravessa rumo aos EUA — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Com uma taxa de homicídios de 43 a cada 100 mil habitantes, Honduras é considerado um dos países mais violentos do mundo, principalmente pela ação de gangues e do narcotráfico.

Autoridades calculam que o número de imigrantes nessa caravana pode superar 3 mil.

Nessa semana, o governo do México lembrou que aqueles que quiserem entrar no território mexicano precisarão cumprir a legislação vigente e realizar os trâmites nos consulados.

Fúria de Trump

A marcha migratória provocou a fúria do presidente americano, Donald Trump, que ameaçou os governos da Guatemala, El Salvador e Honduras com a interrupção da ajuda econômica se estes países não impedissem a caravana.

Também pediu na quarta-feira ao México que interrompa o avanço do grupo e alertou que, em caso contrário, fecharia a fronteira sul dos EUA com militares.

Polícia Civil prende suspeitos e desvenda morte de gerente de cerâmica em Ielmo Marinho, RN

 

Fonte: G1 RN

A Polícia Civil do Rio Grande do Note anunciou nesta sexta-feira (19) que desvendou o assassinato do gerente de uma empresa de cerâmica Ivanildo Luzia da Silva, de 50 anos, morto a tiros em abril deste ano em uma fazenda no município de Ielmo Marinho, na Grande Natal. Duas pessoas envolvidas no crime estão presas, outro suspeito morreu e um quarto permanece foragido.

De acordo com as investigações, os dois presos encontra-se encarcerados na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, e na Cadeia Pública de Ceará-Mirim, ambas na região metropolitana da capital potiguar. Um deles, inclusive, admitiu o homicídio e contou que a intenção não era matar o gerente, mas apenas roubar.

O crime

Ivanildo Xuxa, como era mais conhecido, foi morto na noite do dia 2 de abril. Ele recebeu um chamado e foi ver quem era. Ao abrir a porta da fazenda onde morava, recebeu vários tiros. Ele ainda correu até a cozinha, onde acabou levando mais quatro tiros. A mulher e a filha dele estavam em casa, mas não foram feridas.

Antes de irem à casa de Ivanildo, os criminosos ainda agrediram um outro morador da comunidade. A casa dele foi invadida pelos bandidos, que chegaram a jantar na residência. Com um alicate, o morador teve um dos dedos esmagado, sendo forçado a dizer se tinha alguma arma em casa. Depois, o morador foi obrigado a levar os criminosos até a casa de Ivanildo, onde houve o homicídio.

Filho de Bolsonaro é banido pelo WhatsApp

 

Fonte: Estadão 

WhatsApp baniu o número do Flavio Bolsonaro, filho do candidato do PSL à Presidência Jair Bolsonaro, do aplicativo. Flavio foi eleito senador pelo Rio no último dia 7 de outubro.  A informação foi confirmada pelo irmão, Eduardo, pelas redes sociais.

“Primeiro caso de banimento do whatsapp que tomo conhecimento ocorreu com o senador eleito @FlavioBolsonaro . O post que tenha motivado a punição não é informado. Se isso não é CENSURA eu não sei o que é…”, diz a postagem de Eduardo.

Flavio Bolsonaro
O deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) Foto: Alex Silva/Estadão

Ainda nesta sexta-feira, o WhatsApp enviou notificação extrajudicial para quatro agências suspeitas de fazerem envio massivo irregular de mensagens durante o período eleitoral. O aplicativo determina que parem de fazer envio e de utilizar números de celulares obtidos pela internet. Na quinta-feira, 18, o jornal Folha de S. Paulo disse que empresas bancaram uma campanha de mensagens contra o PR com pacotes de disparos em massa.

O comportamento, segundo o WhatsApp, fere as regras do aplicativo. O envio de mensagens com conteúdo eleitoral não é ilegal. Para isso, é necessário que os candidatos entregam os telefones e uma lista de apoiadores que voluntariamente os cederam seus dados. No entanto, há a suspeita de que as agências venderam bases de usuários de terceiros, segmentadas por região e perfil, de origem desconhecida —o que é ilegal.

“Estamos tomando medidas legais para impedir que empresas façam envio maciço de mensagens no WhatsApp e já banimos as contas associadas a estas empresas”, informou em nota o WhatsApp.

 

Brasileiro cria primeiro desenho animado em Libras no YouTube

 

O projeto é voltado para crianças de três a seis anos e cada episódio ensina cinco sinais de Libras — Foto: Divulgação

Depois de uma tentativa sem sucesso de se comunicar com uma jovem surda em uma festa, o diretor de animação Paulo Henrique dos Santos, de 27 anos, decidiu criar um desenho animado para ensinar a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

“Eu achei um absurdo ter uma pessoa brasileira do meu lado e eu não ter ideia de como me comunicar. Vi que há um grande despreparo da maioria para falar com os surdos”, conta Paulo Henrique.

A iniciativa simples do diretor acabou se tornando referência, o desenho “Min e as Mãozinhas” é o primeiro totalmente em Libras no YouTube.

“Foi uma surpresa ser o primeiro. Quando a gente começa a gente busca referências, mas como não tive decidi arriscar e esse retorno tem sido muito gratificante”, disse o diretor.

'Min e as mãozinhas' é o primeiro desenho animado em Libras, a língua brasileira de sinais. — Foto: Divulgação'Min e as mãozinhas' é o primeiro desenho animado em Libras, a língua brasileira de sinais. — Foto: Divulgação

‘Min e as mãozinhas’ é o primeiro desenho animado em Libras, a língua brasileira de sinais. — Foto: Divulgação

Arrecadação coletiva

Paulo, que já trabalhou nas animações do Sítio do “Pica-Pau Amarelo” e da “Turma da Mônica”, lançou este projeto voltado para crianças surdas com idade entre três e seis anos.

Para desenvolvê-lo, o diretor contou com uma equipe de professores e intérpretes. Ao todo, a primeira temporada tem 13 episódios, mas apenas o primeiro está produzido.

Para concluir o trabalho, Paulo busca parceiros e empresas. Também foi criada uma página de arrecadação coletiva.

“A ideia do desenho é que os professores também possam usar em sala de aula. O projeto seja liberado da maneira mais democrática possível”, explica Paulo Henrique.

Diretor busca parceiros para concluir a animação — Foto: ReproduçãoDiretor busca parceiros para concluir a animação — Foto: Reprodução

Diretor busca parceiros para concluir a animação — Foto: Reprodução

Primeiro capítulo

O episódio de estreia conta a história de uma menina surda chamada Yasmin, conhecida como Min. Ela estava na casa da árvore quando um esquilo encontrou pegadas no chão e quis saber de quem eram. Eles vão até a floresta para descobrir quem deixou os sinais pelo caminho. Nesse passeio, encontram o elefante, o gato e o sapo. A todos, Min ensina cinco sinais em libra para que eles aprendam falar, por exemplo, “oi” e dizer o próprio nome.

Justin Bieber e Hailey Baldwin confirmam a fã que estão mesmo casados, diz revista

 

Fonte: Hugo Gloss

Minha gente, em meio a tantos rumores sobre o casamento de Justin Bieber e Hailey Baldwin, parece que os pombinhos confirmaram que oficializaram mesmo o matrimônio. Segundo a revista US Weekly, a confirmação foi dada pelo casal a uma fã que comeu ao lado deles no restaurante Joan’s on Third, em Studio City, na terça-feira (16).

Eu perguntei se eles estavam casados ​​e eles disseram que sim, simultaneamente!”, contou Nona Melkoni à publicação. “Eles estavam muito felizes e gentis. Ele [Bieber] me disse que ela é seu anjo. Eles estavam super fofos! Ele estava abraçando-a por trás enquanto esperavam na fila para pedir comida“, acrescentou a fã.

Ainda segunda a revista, os recém-casados ​​foram vistos no mesmo restaurantes em várias ocasiões recentemente. Uma fonte que viu o casal na segunda-feira, 15, disse à publicação que eles pareciam “muito amorosos”.

Como falamos aqui, os rumores começaram no dia 13 de setembro, quando Justin e Hailey foram vistos em um cartório em Nova York, onde são emitidas certidões de casamento! Fontes presentes no local contaram ao TMZ que o dono de “Sorry” chegou a chorar e agradecer ao juiz por ter mantido tudo em segredo.

Logo depois, a modelo se posicionou sobre o assunto no Twitter, escrevendo num tweet já deletado: “Eu entendo de onde vem a especulação, mas ainda não estou casada!“. O próprio tio da modelo, Alec Baldwin, chegou a alimentar os rumores, confirmando que a sobrinha agora é a senhora Bieber, durante sua passagem pelo red carpet do Emmy Awards no mês passado.

Casa nova

Segundo a revista People, Justin e Hailey também já procuram um novo lar para morar em Los Angeles. Eles foram vistos visitando a antiga casa de Demi Lovato, que foi colocada à venda após a cantora sofrer uma aparente overdose. Veja fotos:

De acordo com a publicação, a diva colocou a mansão à venda em setembro por US$ 9,45 milhões, mas diminuiu o valor para US$ 8,995 milhões algumas semanas depois. Será que Justin e Hailey serão os novos moradores?!

Cartões do Enem serão liberados na segunda-feira

 

Fonte: EBC

Os cartões de confirmação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2018) de mais de 5 milhões de inscritos serão liberados na próxima segunda-feira (22) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Com o documento que pode ser obtido na página do participante será possível verificar o local onde cada candidato fará as provas.

A recomendação da pasta é que cada estudante conheça o melhor trajeto para chegar ao lugar sem imprevistos. Além do local, o cartão também indica número de inscrição, data e horários das provas, detalhes sobre atendimentos e recursos de acessibilidade – se foi solicitado –, e o idioma estrangeiro escolhido.

A assessoria do Inep afirmou que não há casos de inscritos que não encontram seus cartões ou de informações equivocadas. De acordo com o órgão, os dados preenchidos na inscrição são automaticamente inseridos nessa confirmação. De qualquer maneira, a orientação é que, havendo algum problema, o estudante entre em contato com os canais de atendimento do Ministério da Educação (MEC) pelo telefone 0800616161 ou pelo link Fale Conosco, no site da pasta, para que a demanda seja verificada.

É importante lembrar que o governo decidiu manter o início do horário de verão, que começará no primeiro dia de prova do Enem, 4 de novembro. O MEC recomenda que os estudantes entrem no ritmo do novo horário, dormindo uma hora mais cedo, cerca de uma semana antes, para não serem prejudicados na hora da prova.

As provas serão aplicadas nos dias 4 e 11 de novembro em todo o país. No primeiro dia do exame (4/11), serão aplicadas as provas de linguagem, ciências humanas e redação. A aplicação terá cinco horas e meia de duração. No segundo dia (11/11), haverá provas de ciências da natureza e matemática. Os estudantes terão cinco horas para resolver as questões.