Mostra de Profissões da UFRN tem programação gratuita até sexta-feira (25)

 

Fonte: G1 RN

Começou nesta quarta-feira (23) a 10ª Mostra de Profissões da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O evento tem programação gratuita até sexta (25), de 8h às 20h45, no campus central da universidade, na Zona Sul de Natal.

Voltada para jovens que pretendem ingressar no ensino superior, a Mostra de Profissões tem 246 palestras ministradas sobre os cursos ofertados e processo seletivo da UFRN. Sem necessidade de inscrição prévia, o objetivo das palestras é ajudar estudantes do ensino médio de escolas públicas e particulares a escolher a futura profissão.

Além disso, a Mostra conta com orientação profissional e apresentação das políticas de inclusão da universidade, como bolsas, residência universitária, dentre outros programas de assistência estudantil.

A programação completa da Mostra de Profissões 2018 pode ser consultada no site do evento.

Serviço
O quê: 10ª Mostra de Profissões da UFRN
Data: 23 a 25 de maio
Hora: 8h às 20h45
Local: Campus central da UFRN
Programação: No site
Entrada: Gratuita

Hospital Onofre Lopes realiza mutirão para diagnóstico de tireoide em Natal

 

Fonte: G1 RN

O Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), na Zona Leste de Natal, realiza nesta sexta-feira (25) um mutirão do Dia Internacional da Tireoide, com atendimentos independente de agendamento, para a detecção de distúrbios da glândula endócrina que produz hormônios essenciais ao funcionamento do organismo. A ação gratuita acontece das 8h às 15h.

Na ocasião serão ofertados até mil atendimentos clínicos, com garantia da realização imediata de exames de imagem para os pacientes que apresentarem alguma alteração, além de encaminhamentos para tratamento.

A tireoide é uma glândula com dois lobos “em forma de borboleta”, localizada na parte anterior do pescoço, abaixo da região conhecida como Pomo de Adão. Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, um dos problemas mais frequentes da tireoide são os nódulos. Estima-se que 60% da população brasileira os desenvolverão em algum momento da vida. No entanto, apenas 5% deles são cancerosos. A identificação precoce pode ser decisiva e a palpação da tireoide é fundamental nesse processo.

A ação mobilizará todos os médicos do serviço de endocrinologia do HUOL e será coordenada pela Dr.ª Fátima Baracho.

Serviço
Mutirão de tireoide

Data: Sexta-feira (25)
Horário: 8h às 15h
Local: Hospital Universitário Onofre Lopes, Avenida Nilo Peçanha, 620 – Petrópolis
Ação gratuita
Informações: (84) 3342-5050

Gilmar Mendes prorroga investigação de Aécio em 60 dias

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes autorizou a prorrogação por mais 60 dias de um dos inquéritos abertos contra os senadores do PSDB de Minas Gerais Aécio Neves e Antonio Anastasia a partir das delações premiadas de ex-executivos da Odebrecht.

A investigação é sobre se Aécio, Anastasia, o ex-presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) Oswaldo Borges da Costa e o marqueteiro Paulo Vasconcelos do Rosário Neto receberam vantagens indevidas na campanha de Anastasia ao governo de Minas Gerais em 2010, a pedido de Aécio.

O ministro já havia ampliado por mais dois meses outra investigação contra Aécio, a que apura se o senador teve participação em suposta maquiagem nos dados sobre o Banco Rural com objetivo de esconder a existência do mensalão mineiro durante a apuração na CPI dos Correios, que investigou o mensalão do PT.

No caso que envolve supostas irregularidades na campanha de Anastasia, a Polícia Federal pediu mais prazo para ouvir depoimento de Oswaldo Borges da Costa Filho, além de avaliar dados do sistema de comunicação do setor de propinas da Odebrecht “Drousys” e do sistema de contabilidade paralela “My Web Day”.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, concordou com a prorrogação afirmando que seria necessário, ainda, obter registros de entrada do ex-diretor da Odebrecht em Minas Sérgio Luiz Neves na Codemig. Segundo Dodge, a empresa afirmou no processo não havia registros, mas destacou que o controle é feito manualmente.

Ao autorizar a prorrogação, Gilmar Mendes destacou que o regimento do STF prevê a prorrogação quando há diligências pendentes. “Defiro a prorrogação do prazo para a conclusão das investigações, por sessenta dias, para realizar as inquirições pendentes e para análise e eventual perícia em dados dos sistemas utilizados pelo Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht”.

Aécio é alvo também de outras apurações no STF e Anastasia é investigado em um segundo inquérito.

G1

Vacinação contra Influenza segue até 1º de junho

 

A campanha de vacinação contra a Influenza, iniciada em 23 de abril, segue até o próximo dia 1º de junho em todos os postos de vacinação do Rio Grande do Norte. Até o momento o estado aplicou 569.825 mil doses, o que corresponde a uma cobertura vacinal de 63,1% do público alvo. O estado se encontra em terceiro lugar no Nordeste e décimo terceiro do país em números de cobertura vacinal.

Nessa quarta-feira (23), a Rede de Frio recebeu do Ministério da Saúde a última das sete remessas de vacinas, totalizando 967.400 mil doses distribuídas aos municípios desde o início da campanha.

Devem se vacinar as crianças na faixa etária de seis meses a menos cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), indivíduos a partir dos 60 anos, trabalhadores da saúde, professores de escolas públicas e privadas, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Governo do Rio Grande do Norte entrega Sopa Cidadã em Parnamirim

 

Fonte: Agora RN

O Governo do RN entregou, na última quarta-feira, 24, em Parnamirim, a unidade do Sopa Cidadã no bairro Monte Castelo. A nova unidade passou a funcionar na rua Cícero Fernandes Pimenta, 559. Por dia serão oferecidas 300 sopas pelo preço de 50 centavos, de segunda a sexta-feira, das 17h às 19h. O Governo vai abrir, até julho, mais três unidades (São Gonçalo, Extremoz e Ceará-Mirim), beneficiando 18 mil pessoas por mês.

A dona de casa Jaqueline Fernandes veio conhecer o programa acompanhada dos filhos e sobrinhos. “É um ótimo trabalho do Governo. Vai ser bom para a gente que mora aqui no bairro. Todo dia estarei aqui para comer essa sopa. É uma refeição barata. Vale a pena, principalmente para quem tem muitos filhos e não tem tempo de cozinhar”, contou.

Outro beneficiário é o autônomo Robinson Silva que possui um comércio no bairro, elogiou a iniciativa. “Estava precisando de um local desses aqui perto. Eu moro e trabalho aqui do lado, passo o dia trabalhando e ter um jantar desse todo dia por 0,50 centavos é muito bom. Muita gente que precisa vai utilizar esse espaço”, afirmou.

O secretário da Sethas, Vagner Araújo, explica que com o programa o Governo espera-se evitar a desnutrição de milhares de famílias, que muitas vezes não tem condições de arcar com a despesa de um jantar. O programa visa também garantir alimentação à população em situação de rua da capital e dos municípios beneficiados.

“É uma sopa com padrão nutricional de qualidade, produzidas no próprio local de distribuição, utilizando alimentos in natura e de origem orgânica. A refeição é composta por uma sopa que poderá ser de carne, feijão, jerimum, batata, sendo seguido um cardápio defino pela nutricionista da Sethas. A sopa é acompanhada de pão, biscoito ou torradinhas, café ou chá. Ou seja, um jantar completo e de qualidade”, ressalta o secretário.

Atualmente, o programa conta com sete unidades em quatro municípios potiguares. São oferecidas 2.100 sopas por dia (42 mil por mês). Os municípios beneficiados são Natal (Cidade Alta, Felipe Camarão, Igapó, Nossa Sra. D Apresentação), Mossoró (Santo Antônio), Macaíba (Stillus) e Serra Caiada.

Estudantes têm até amanhã para renovar contratos do Fies

 

Fonte: Agência Brasil

Termina amanhã (25) o prazo para renovação do contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do primeiro semestre deste ano. Neste semestre, cerca de 1,1 milhão de financiamentos devem ser renovados.

Os contratos do Fies precisam ser aditados todo semestre. O pedido é feito inicialmente pelas instituições de ensino e depois as informações devem ser validadas pelos estudantes pela internet, no Sistema Informatizado do Fundo de Financiamento Estudantil (SisFies).

No caso das renovações que tenham alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro – Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal – para concluir a renovação. Nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

Inicialmente, os estudantes tinham até o dia 30 de abril para fazer a renovação, o prazo foi prorrogado até hoje e agora estendido mais uma vez até o dia 25 de maio pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Ministério da Educação (MEC).

O Fies concede financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC. Os estudantes que ingressaram no programa a partir de 2018 aderiram ao Novo Fies, que tem diferentes modalidades, possibilitando juros zero e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.

Greve de caminhoneiros aumenta preço de alimentos na Ceasa do RN; valor da batata dobra

 

Fonte: G1 RN

No quarto dia de paralisação dos caminhoneiros, que fazem greve em todo o país por causa do preço do diesel, vários produtos estão com estoque reduzido na Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa). Por causa disso, o preço dos produtos aumentou. O valor saca de batata, com 50 quilos, dobrou e passou de R$ 90 para R$ 180.

De acordo com a direção da Ceasa, ainda não existe produto em falta, mas os estoques estão comprometidos e produtos como batata inglesa, cenoura e tomate podem começar a faltar já a partir desta sexta-feira (25). Metade dos 80 caminhões esperados para o abastecimento diários não chegou.

A saca de tomate com 30 quilos, que no início da semana era vendida a R$ 55 agora é comercializa a R$ 90. O preço da cenoura passou de R$ 35 para R$ 60. Já a saca do pimentão subiu de R$ 23 para R$ 45.

O aumento já é motivo de prejuízo para Afrodísio Neto, mais conhecido como Netão do Mato, que trabalha há oito anos na Ceasa, fornecendo alimentos para restaurantes. Ele fechou os preços repassados aos estabelecimentos na última segunda-feira (21). Por causa disso, nesta sexta-feira (25) vai vender produtos mais baratos do que comprou.

“Vou ter que pedir dinheiro para trabalhar, porque vou comprar um produto de R$ 4 para vender por R$ 2,70. Só vou ter noção desse prejuízo no sábado”, afirmou.

Conforme a direção da Ceasa, há cerca de 40 caminhões da central parados nos protestos, o que compromete a chegada de produtos que vêm principalmente das regiões Sul.

Prefeitura de Natal autoriza empresas de ônibus a operarem com frota reduzida a partir desta sexta

 

Fonte: G1 RN

A Prefeitura de Natal autorizou o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano (Seturn) a operar com frota reduzida a partir desta sexta-feira (25). Segundo confirmou a Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), apenas 70% dos ônibus devem sair da garagem, enquanto perdurar a greve de caminhoneiros.

A autorização atende a um pedido feito pelas empresas nesta quarta-feira (23). Elas alegam redução disponibilidade de diesel, causada pela paralisação dos caminhoneiros em todo o país, e que a medida seria necessária para evitar um colapso no sistema, que pode ficar sem abastecimento.

Segundo a STTU, há um “risco iminente” de colapso, se as manifestações perdurarem e continuarem prejudicando a distribuição.

Após reuniões com representantes de postos, nesta quinta (24), a secretaria confirmou no início da tarde desta quinta-feira (24) que acataria ao pedidos dos empresários e reduziria a frota em 30%.

Justiça determina desbloqueio de rodovias federais no RN

 

Fonte: G1 RN

A Justiça Federal do Rio Grande do Norte determinou o desbloqueio das rodovias federais que cortam o estado. Como em outros pontos do país, caminhoneiros fazem manifestação contra o aumento no preço do diesel. Nesta quinta-feira (24), os protestos entraram no quarto dia e foram confirmados vários pontos de interdição.

Os bloqueios que começaram no início da semana permitem a passagem de veículos de pequeno porte, mas impedem a passagens de outros caminhões.

O pedido de reintegração de posse foi feito pela Advocacia-Geral da União (AGU), que conseguiu uma liminar expedida na noite desta quarta-feira (23) pela juiza federal Moniky Mayara Costa Fonseca. Os réus da ação são “pessoas incertas e desconhecidas”.

Em sua decisão, a magistrada autorizou uso de força policial para que as rodovias sejam desbloqueadas. Além disso, determinou multa de R$ 1 mil por hora de ocupação e interdição das BRs.

A Polícia Rodoviária Federal afirmou que já foi notificada da decisão. Após análise do documento, a corporação disse que vai acompanhar as manifestações de perto e atuar para coibir os bloqueio totais das vias, que impeçam o direito e ir e vir dos usuários.

Além disso, os agentes federais vão agir nos locais em que caminhoneiros estejam sendo obrigados a ficar parados e só vai permitir a permanência dos que participarem da mobilização voluntariamente. Até o momento, não houve nenhum ato de infração ou prisão notificados.

Decisão
“Independentemente das reivindicações apresentadas pelos réus, é assegurado a todos o direito de locomover-se em vias públicas, devendo ser afastado qualquer obstáculo erigido contra essa garantia”, disse a magistrada.

“Defiro o pedido liminar de reintegração de posse formulado pela autora, para determinar à parte ré que desocupe, desobstrua e se abstenha de dificultar a passagem em qualquer trecho das rodovias federais que cortem o Estado do Rio Grande do Norte”, disse.

Quatro anos depois, Natal e mais 10 cidades-sede da Copa ainda possuem obras inacabadas

 

Os quatro anos que separam a Copa no Brasil do Mundial que começa no próximo dia 14 na Rússia não foram suficientes para terminar obras de infraestrutura que deveriam ter sido entregues até 2014. De todas as 12 cidades-sede brasileiras, 11 têm algum projeto que chegou a ser prometido para a Copa ainda inacabado.

Apenas o Rio concluiu todas as obras, não necessariamente dentro do prazo para a Copa de 2014. Além disso, a cidade recebeu a Olimpíada dois anos depois, razão pela qual muitos projetos não foram deixados de lado assim que o torneio de futebol terminou – como ocorreu em outras capitais.

A maioria das obras que ainda não foram entregues é da área de mobilidade urbana ou de ampliação e melhorias em aeroportos. Falta de dinheiro, problemas com empreiteiras, contratos rescindidos e impasses judiciais e com desapropriações estão entre as causas do atraso de anos na conclusão dos projetos, segundo as administrações.

Veja a situação em cada cidade-sede:

Natal

Ao menos quatro obra previstas para a Copa na capital do Rio Grande do Norte ainda não foram entregues. A mais atrasada é a reforma e padronização de 55 km de calçadas nas avenidas que dão acesso à Arena das Dunas, na Zona Sul da cidade. Com 5% do projeto executado, a obra precisou ser parada por problemas com desapropriações.

A obra dos acessos ao Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves deve ser entregue dentro de 60 dias sem o viaduto que era previsto para ligar a estrada à BR-304 por falta de dinheiro para essa etapa.