Coordenador do centro de contingência para coronavírus faz exame e aguarda resultado

Segundo a secretaria estadual de Saúde, David Uip acordou com sintomas de febre e tosse.

Compartilhe esse post

O infectologista David Uip, coordenador do Centro de Contingência para Coronavírus em São Paulo, fez exames no Hospital Sírio-Libanês, na região central da capital, nesta segunda-feira (23), após sentir sintomas de gripe nesta manhã.

Segundo a secretaria estadual de Saúde, David Uip acordou com sintomas de febre e tosse, realizou exames, e aguardará o resultado em isolamento, na sua casa, no bairro do Morumbi.

Por volta de 14h desta segunda, Uip divulgou um vídeo em que conta que acordou com febre baixa e, por conta do cargo que ocupa, resolveu fazer o exame. Ele afirmou que seguirá a quarentena, caso o exame confirme a doença.

“Estou muito bem. Sinto ainda um pouquinho de febre, de vez em quando tusso um pouquinho. Pode ser o coronavírus, ou qualquer outro. Por precaução, em cima daquilo que estamos falando, eu estou isolado. E se o exame for positivo, eu manterei a quarentena como qualquer outra pessoa. Se for negativo e eu estiver bem, voltaremos ao nosso trabalho. Mas estou muito bem, obrigado. Agradeço o carinho e a preocupação de todos.”

Logo no início da coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, na Zona Sul, o governador João Doria comentou sobre a ausência e estado de saúde de Uip.

“Ele está fazendo exames neste momento no Hospital Sírio-Libanês. Não há nenhuma indicação efetiva que ele possa estar contaminado, mas aqui dentro do regime de total transparência que temos com a imprensa e opinião pública, ele está fazendo exames neste momento. Diante do resultado deste exames poderemos nos manifestar de maneira mais clara e objetiva. Desejamos e esperamos que não seja nada de grave e que ele possa estar conosco em breve”, afirmou.

Doria também disse que ele também se submeterá a exame se for necessário.

“Se houver alguma situação que exija exames também da minha parte como governador do estado de São Paulo e todos que têm convívio com o o Doutor David Uip ao longo desse período, nós também nos submeteremos a exames. É assim que se faz de forma clara, objetiva e transparente.”

2 mil testes por dia

João Doria anunciou também na tarde desta segunda-feira (23) a criação de uma rede para testes de coronavírus com capacidade para realizar 2 mil exames por dia.

“São Paulo cria, a partir de quarta-feira (25), a rede corona de testes com capacidade para realizar 2 mil testes por dia. Testar, testar e testar. Essa é a orientação da Organização Mundial da Saúde”, disse Dora.

Segundo Doria, a rede será composta por 17 laboratórios ligados à USP, com o apoio o Instituto Butantã. “A partir de quarta-feira, dois mil exames diários”.

Doria também anunciou a abertura de 900 leitos para tratamento de pacientes com coronavírus no Hospital das Clínicas. Os leitos estarão disponíveis a partir de sexta-feira (27).


Compartilhe esse post

Ler Anterior

Lacen passa a fazer teste do coronavírus no RN com prazo de resultado em 72 horas

Ler Próximo

Coronavírus: saiba tudo sobre atendimento dos órgãos estaduais

Envie uma mensagem para o setor responsável.
WeCreativez WhatsApp Support
98 FM
Pedir Música
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Flávio Amorim
Comercial
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Sheyla
Vendas
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Vanessa
Vendas
Acessível