Coronavírus: Canadá anuncia que não vai enviar atletas às Olimpíadas e Paralimpíadas em 2020

País é o primeiro a retirar suas equipes oficialmente dos Jogos. Entidades canadenses pedem ao COI o adiamento das competições em um ano

Compartilhe esse post

Foto: Reprodução Twitter

O Comitê Olímpico do Canadá (COC) e o Comitê Paralímpico do Canadá (CPC) anunciaram na noite deste domingo que não vão enviar atletas às Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio em 2020. É o primeiro país a retirar seus atletas oficialmente dos Jogos por conta da pandemia do coronavírus.

Em carta publicada no site do COC neste domingo, as entidades que regem o esporte canadense pedem ao Comitê Olímpico Internacional (COI) e ao Comitê Paralímpico Internacional (IPC) que adiem as Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio em um ano. “Com a COVID-19 e seus riscos associados, não é seguro para nossos atletas, e para a saúde e segurança de suas famílias e à comunidade canadense mais ampla, que atletas continuem treinando para estes Jogos. Aliás, vai contra as orientações de saúde pública que pedimos que todos os canadenses sigam”, diz a carta.

Até aqui, diversas entidades esportivas nacionais e internacionais haviam pedido pelo adiamento dos Jogos, mas nenhum país havia decretado que não enviaria equipes em caso de manutenção do evento em 2020. Neste domingo, o COI anunciou que tomaria sua decisão final sobre a realização das Olimpíadas de Tóquio em quatro semanas. O IPC apoiou a decisão

Confira o comunicado emitido pelas entidades traduzido na íntegra:

O Comitê Olímpico Canadense (COC) e o Comitê Paralímpico Canadense (CPC), apoiados pelas Comissões dos Atletas, Organizações Nacionais de Esportes e pelo Governo do Canadá, tomaram a decisão difícil de não enviar equipes canadenses aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos no verão de 2020.

O COC e o CPC urgentemente pedem ao Comitê Olímpico Internacional (COI) e ao Comitê Paralímpico Internacional (IPC) e à Organização Mundial de Saúde (OMS) que adiem os Jogos por um ano, e oferecemos nosso total apoio em ajudar a navegar todas as complexidades que remarcar os Jogos trará. Apesar de reconhecermos as complexidades inerentes a este adiamento, nada é mais importante que a saúde e segurança dos nossos atletas e da comunidade mundial.

Isto não é somente sobre saúde dos atletas – é sobre saúde pública. Com a COVID-19 e seus riscos associados, não é seguro para nossos atletas, e para a saúde e segurança de suas famílias e à comunidade canadense mais ampla, que atletas continuem treinando para estes Jogos. Aliás, vai contra as orientações de saúde pública que pedimos que todos os canadenses sigam.

O COC e o CPC analisaram a carta e o comunicado enviados pelo COI no domingo. Estamos gratos ao COI por sua garantia que não vai cancelar os Jogos de Tóquio 2020 e apreciamos a importância de acelerar sua tomada de decisão sobre um possível adiamento.

Nós também aplaudimos o COI por reconhecer que assegurar a saúde e bem estar das nações e conter o vírus deve ser nossa prioridade. Estamos no meio de uma crise global de saúde que é muito mais significante que o esporte.

O COC e o CPC gostariam de agradecer aos nossos atletas, parceiros e à comunidade esportiva canadense por sua paciência e por nos emprestar suas vozes nesta época sem precedentes. Nós permanecemos esperançosos que o COI e o IPC vão concordar com a decisão de adiar os Jogos como parte de nossa responsabilidade coletiva de proteger nossas comunidades, e trabalhar para conter a proliferação do vírus.

Fonte: Globo Esporte

Leia mais:

COI admite adiar Olimpíadas de Toquio


Compartilhe esse post

Ler Anterior

Brasil fecha fronteira com Uruguai para estrangeiros

Ler Próximo

Governo prorroga prazo para validação e formalização do Fies

Envie uma mensagem para o setor responsável.
WeCreativez WhatsApp Support
98 FM
Pedir Música
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Flávio Amorim
Comercial
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Sheyla
Vendas
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Vanessa
Vendas
Acessível