GP da Austrália de F1 é cancelado devido à pandemia de coronavírus

Compartilhe esse post

O Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1 está cancelado. A decisão de suspender a primeira corrida da temporada devido à pandemia de coronavírus foi oficializada na noite desta quinta-feira (manhã de sexta em Melbourne) em conjunto com dirigentes de nove equipes (sem a McLaren), a organização da prova, a direção da categoria e oficiais da Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

A decisão foi tomada após muita indefinição, a pouco menos de duas horas antes do horário planejado para o primeiro dia de treinos livres, que começariam às 22h (hora de Brasília). Ainda não há informações sobre uma possível nova data para a prova ao longo do ano. De acordo com a FIA, os torcedores que compraram ingressos serão reembolsados.

Pesou muito para o cancelamento o fato de um integrante da McLaren ter testado positivo para o coronavírus – outros 12 funcionários do time, que tiveram contato nos últimos dias com o colega contaminado, estavam isolados, mas não apresentaram sintomas. A McLaren anunciou desistência horas antes da confirmação do cancelamento pela Fórmula 1.

https://twitter.com/fia/status/1238240524261154818

 

 

Confira o comunicado da FIA na íntegra

Após a confirmação de que um membro da McLaren Racing Team testou positivo para o Covid-19 e a decisão da equipe de desistir do Grande Prêmio da Austrália, a FIA e a Fórmula 1 fizeram uma reunião com os outros nove chefes na noite de quinta-feira. Essas discussões terminaram com a visão da maioria das equipes de que a corrida não deveria seguir. A FIA e a Fórmula 1, com o total apoio da Australian Grand Prix Corporation (AGPC), tomaram a decisão de que toda a atividade da Fórmula 1 para o Grande Prêmio da Austrália está cancelada.

Sabemos que estas são notícias muito desapontantes para os milhares de fãs que vão à corrida, e todos aqueles que têm ingressos vão ser reembolsados. Em seu tempo, um novo anúncio será comunicado.

Todas as partes levaram em consideração os grandes esforços da AGPC, Motorsport Australia, funcionários e voluntários para sediar a etapa de abertura da Fórmula 1 em 2020, em Melbourne. No entanto, concluíram que a segurança de todos os membros da família Fórmula 1 e da comunidade em geral, assim como a justiça da competição, são as prioridades.

Fonte: Globo Esporte


Compartilhe esse post

Ler Anterior

Governo antecipa pagamento do 13º para aposentados como medida para minimizar os impactos da pandemia do novo coronavírus para a população

Ler Próximo

Professores estaduais mantêm greve

Envie uma mensagem para o setor responsável.
WeCreativez WhatsApp Support
98 FM
Pedir Música
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Flávio Amorim
Comercial
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Sheyla
Vendas
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Vanessa
Vendas
Acessível