Impostos chegam a quase 50% do preço do material escolar, diz pesquisa


Compartilhe esse post

Fonte: G1
IPVA e IPTU não são os únicos impostos que pesam no bolso do consumidor em início de ano. ‘Escondidos’ no preço final, os tributos chegam a quase 50% do preço do material escolar, que costumam pesar no orçamento de quem tem filhos em idade escolar.

Levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) feito a pedido da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) mostra que o peso dos tributos embutidos nos preços desses produtos é alto: vai de 15% a quase 50% do valor final.

A maior carga tributária, de 49,95%, é a da caneta. Outros itens também têm carga elevada, caso do lápis (34,99%), caderno (34,99%), borracha (39,29%) e mochila (39,62%).

Outros produtos da lista são calculadora (44,75%), régua (44,65%), tesoura (43,54%) e agenda (43,19%). O item menos taxado é o livro (15,52%), que tem isenção de PIS, Cofins, ICMS e IPI.

“Apesar de serem itens relacionados à educação, que deveria ser área prioritária dos governos, a taxação desses produtos, em especial de ICMS e IPI, é extremamente elevada”, afirma, em nota, o eeconomista da ACSP Emilio Alfieri.


Compartilhe esse post

Ler Anterior

Em protesto contra salários atrasados, servidores da saúde paralisam atendimento no maior hospital público do RN

Ler Próximo

Bolsonaro sanciona lei que estabelece julho como o mês nacional de combate à hepatite viral

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie uma mensagem para o setor responsável.
WeCreativez WhatsApp Support
Flávio Amorim
Comercial
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Sheyla
Vendas
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Vanessa
Vendas
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
98 FM
Pedir Música
Acessível