Mais de 19% dos natalenses usam o celular enquanto dirigem

 

Fonte: Tribuna do Norte

Ler, digitar, falar e usar o fone de ouvido pode tirar completamente a atenção de motoristas. Segundo pesquisa do Ministério da Saúde, divulgada nesta segunda-feira (24), o percentual de pessoas que usam celular ao volante em Natal é de 19,30%, seguindo a média nacional entre as capitais brasileiras, que é 19,3%. Nos últimos anos, segundo o inspetor de trânsito da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), Carlos Eugênio, é crescente o número de pessoas que utilizam aparelho celular ao conduzir veículos na capital potiguar, devido ao uso constante de redes sociais.  

O uso de celular no trânsito também é um risco para os pedestres. É cada vez mais comum o registro de atropelamentos de pessoas que estavam distraídas com o seu smartphone no momento de atravessar uma rua ou um cruzamento. “O cenário no trânsito é muito dinâmico. Uma cena que ocorre em um minuto pode mudar completamente em segundos. É preciso estar alerta 100% , tanto os condutores de veículos quanto pedestres usando  aparelho celular”, alertou o inspetor de trânsito. 

A pesquisa mostra que de cada cinco indivíduos, um comete esse ato que é um risco para acidentes de trânsito. A divulgação do dado inédito é do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), de 2018 que também aponta que as pessoas com idade entre 25 e 34 anos (25%) e com maior escolaridade (12 anos de estudo ou mais  –  26,1%) são as que mais assumem esse comportamento de risco.

As capitais que apresentaram maior percentual de uso de celular por condutores foram Belém (24,1%), Rio Branco e Cuiabá (24,0%), seguido por Vitória (23,7%), Fortaleza (23,5%), Palmas (22,4%), Macapá e São Luís (22,6%). Por outro lado, as capitais com menor uso de celular durante a condução de veículo foram: Salvador (14,2%), Rio de Janeiro (17,2%), São Paulo (17,4%) e Manaus (18,0%).

O Vigitel é uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde que desde 2006 monitora diversos fatores de risco e proteção relacionados à saúde, incluindo a temática de trânsito, em todas as capitais dos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. Nesta edição foram entrevistadas por telefone 52.395 pessoas, maiores de 18 anos, entre fevereiro e dezembro de 2018.

Gravíssima
Classificada “gravíssima” pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a infração por uso de celular ao volante pesa no bolso. São R$ R$ 293,47, além de sete pontos anotados na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A multa pode ainda ser combinada com outro tipo de infração, a condução de veículo sem as duas mãos ao voltante, que custa R$ 130,16 e rende mais cinco pontos na carteira.

O acúmulo de 20 pontos ou mais, em um período de até 12 meses, implica na suspensão da CNH. Mesmo com o carro parado no semáforo ou no engarrafamento, o manuseio de aparelhos eletrônicos continua sendo infração passível de multa. 

Os  riscos vão além do bolso e da possibilidade de ter o direito de dirigir suspenso. De acordo com a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego, o uso de celular ao volante já é a terceira maior causa de fatalidades no trânsito do Brasil. Anualmente, o trânsito tira a vida de mais de 37 mil pessoas no país.

Estudos internacionais indicam que manusear o celular durante a direção é tão perigoso quanto dirigir sob o efeito de álcool. Estima-se que teclar ou atender uma ligação ao volante amplia em 400 vezes a chance de provocar um acidente.

Até 2016, o uso de celular ao volante era uma infração média. O crescente número de acidentes fez com que uma alteração no CTB a transformasse em infração gravíssima. Mesmo com maior rigor, os números sugerem que a prática segue ocorrendo.

Álcool 
A proporção de adultos que informaram que conduziram veículos após consumo de qualquer quantidade de bebida alcoólica foi de 5,3%, sendo maior entre homens (9,3%) do que mulheres (2%). A associação entre consumo de álcool e direção ocorreu principalmente em indivíduos com idade entre 25 e 34 anos (7,9%). Natal figura entre as capitais com menor índice nessa questão(4,2%).
Adultos (maior ou igual a 18 anos) que afirmaram utilizar aparelho celular ao conduzir veículos motorizados nos 30 dias anteriores à entrevista, em 2018:Natal    19,30

Aracajú    19,83

Belém    24,09

Belo Horizonte     21,51

Boa Vista    19,45

Campo Grande     19,84

Cuiabá     24,00

Curitiba     18,22

Florianópolis    22,15

Fortaleza     23,46

Goiânia    21,43

João Pessoa      19,57

Macapá     22,47

Maceió     22,34

Manaus     18,04

Palmas     22,55

Porto Alegre      21,58

Porto Velho    21,14

Recife    20,49

Rio Branco     24,04

Rio de Janeiro     17,23

Salvador     14,18

São Luís    22,65

São Paulo    17,39

Teresina     20,27

Vitória     23,68

Distrito Federal     21,35

Dirigir veículo manuseando celular – multa R$ 293,47, infração gravíssima e perda de 7 pontos na carteira de habilitação;

Dirigir veículo segurando telefone celular –  multa R$ 293,47, infração gravíssima e perda de 7 pontos na carteira de habilitação;

Dirigir veículo utilizando-se de telefone celular – multa R$ 130,16, infração média e perda de 4 pontos na carteira de habilitação.

Gilmar Mendes propõe que Lula seja solto imediatamente

 

Fonte: Metrópole

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), propôs que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seja solto imediatamente. A declaração foi feita durante a sessão da 2ª Turma da Corte, na tarde desta terça-feira (25/06/2019). Para o magistrado, Lula deve ser posto em liberdade até o término do julgamento do habeas corpus 164.493 que pede a suspeição do ex-juiz Sergio Moro. O ministro Edson Fachin é o primeiro a votar.

A 2ª Turma decidiu analisar o pedido de soltura após a defesa do petista pedir o julgamento do processo. O HC havia saído da pauta desta terça, por ordem do ministro Gilmar Mendes. O magistrado havia pedido o adiamento da análise do habeas corpus, que figurava como 12º item da lista. Gilmar Mendes alegou que não haveria tempo hábil para a avaliação. Somente o voto do ministro tinha mais de 40 páginas.

Com a decisão, os advogados de Lula pediram destaque para a matéria. Após o início da sessão desta terça, a presidente da 2ª Turma, ministra Cármen Lúcia, ouviu os outros magistrados e decidiu votar o pedido de liberdade de Lula. A análise do HC que questiona a imparcialidade de Moro vai ficar para o segundo semestre.

O ministro Gilmar Mendes deu razão à defesa de Lula, que alega alongamento da prisão, decretada após a condenação em segunda instância.

“Tem razão o nobre advogado quando alega o alongamento desse período de prisão diante da sentença e condenação confirmada em segundo grau. Como temos toda a ordem de trabalho organizada, o que eu proponho é de fato conceder uma medida para que o paciente aguardasse em liberdade a nossa deliberação completa. Encaminharia, nesse sentido, se a o colegiado assim entendesse”, disse Gilmar Mendes.

Entenda
Por meio do HC 164.493, a defesa do ex-presidente pede a suspeição do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro, no processo que levou à prisão o ex-presidente Lula, no caso do triplex do Guarujá, dentro da Operação Lava Jato.

O pedido foi feito antes do vazamento de supostas conversas entre o ex-juiz Sergio Moro e procuradores da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, publicadas pelo site The Intercept Brasil. A publicação sugeriu que houve uma troca de colaboração entre as partes no âmbito da operação.

Reajuste de 200% nos trens de Natal será debatido nesta quarta em Brasília

 

Fonte: Agora RN

A Câmara dos Deputados vai debater na próxima quarta-feira, 26, os reajustes previstos para as tarifas de metrôs e trens urbanos operados pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). Na Região Metropolitana de Natal, as tarifas do veículo leve sobre trilhos (VLT) foram reajustadas em maio passado, de R$ 0,50 para 0,70.

Até março de 2020, estão previstos outros cinco aumentos na tarifa, até chegar ao valor de R$ 2,00. Os reajustes foram autorizados pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), em Brasília. Na Grande Natal, o sistema passa pelos municípios de Natal, Extremoz, Ceará-Mirim e Parnamirim, permitindo o deslocamento de 12 mil passageiros por dia.

Atualmente, duas linhas operam na região: a Linha Norte (de Natal a Ceará-Mirim), com extensão de 38,5 Km e 13 estações, a e Linha Sul (de Natal a Parnamirim), com 17,7 Km e 10 estações.

“A proposta de aumentar as tarifas nas cidades do Nordeste onde a empresa opera é uma agressão para com os usuários destas cidades”, afirma o deputado Rogério Correia (PT-MG), propositor do debate.

O coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias do Rio Grande do Norte, Jorge Luiz da Silva, é um dos convidados da reunião.

Bandidos invadem quatro escolas e roubam merenda, botijões de gás e ar-condicionado, em Natal

 

Fonte G1 RN

Criminosos invadiram quatro Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) em Parnamirim, Grande Natal, durante o feriadão, e levaram a comida da merenda, ar-condicionado e botijões de gás. Os arrombamentos foram percebidos nesta segunda-feira (24) pelas administrações das unidades educacionais. Os prédios estavam fechados desde o fim da tarde da quarta-feira (19), por causa do feriado.

Foram alvos dos bandidos os CMEIs Osmundo Farias, Francisca Fernandes, Maria Leonor e Antônio Basílio, que ficam em diferentes lugares da cidade. A polícia ainda não sabe precisar se foi o mesmo grupo que praticou os quatro arrombamentos.

Foram roubados quatro botijões de gás, as carnes estocadas para uma semana de merenda, biscoitos, todo o leite armazenado, arroz, açúcar, feijão, um ar-condicionado e até cartolina e borracha E.V.A.

A Secretaria Municipal de Educação de Parnamirim informou que está fazendo um levantamento dessas situações, para fazer a contratação de porteiros noturnos para essas escolas que estão sendo alvo de arrombadores com frequência. A pasta disse também está fazendo um levantamento para repor os equipamentos que foram roubados. A licitação para a contratação dos porteiros, segundo a Secretaria, já foi concluída e em breve esses profissionais serão contratados.

Policiais civis fecham delegacias em Natal em protesto contra a reforma da Previdência

 

Fonte G1 RN

Delegacias da Polícia Civil de Natal foram fechadas na manhã desta terça-feira (25) em Natal. Trata-se de uma paralisação de 24 horas em protesto contra a reforma da Previdência.

Segundo o Sindicato dos Policiais Civis do Rio Grande do Norte (Sinpol-RN), na capital potiguar apenas as duas delegacias de plantão estão funcionando para o atendimento de flagrantes. Já a assessoria de comunicação da Delegacia Geral da Polícia Civil (Degepol), disse que nem todas as DPs fecharam, mas não soube confirmar quais estão abertas. Natal possui 15 delegacias distritais.

“Assim como policiais federais, rodoviários federais e guardas municipais, os policiais civis lutam para terem as peculiaridades da profissão levadas em conta dentro do projeto da reforma da Previdência. Com a proposta atual, essas categorias terão perdas de direitos e retrocessos, como perda da aposentadoria especial”, afirma o Sinpol.

O Sinpol acrescenta que a paralisação desta terça é feita em conjunto com policiais civis de todo o país, sendo promovida pela Cobrapol e pela União dos Policiais do Brasil (UPB).

No último dia 14, os policiais civis do RN já havia parado em protesto contra a reforma da Previdência.

Ministério Público investiga desvio de R$ 2 milhões da Assembleia Legislativa do RN e cumpre mandados de busca e apreensão

 

Fonte G1 RN

Ministério Público do Rio Grande do Norte deflagrou nesta terça-feira (25) a operação Croupier, que investiga o desvio de R$ 2.118.591,52 da Assembleia Legislativa potiguar. Um ex-secretário Administrativo da Assembleia e um corretor de imóveis, que atualmente ocupa um cargo comissionado na Prefeitura de Nísia Floresta, tiveram os bens sequestrados e as contas bancárias bloqueadas.

Ao todo, foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão nas cidades potiguares de Parnamirim, Nísia Floresta e Maxaranguape, e em João Pessoa, na Paraíba. A ação é desdobramento da operação Dama de Espadas, que também apurou fraudes na AL através de pagamentos a servidores fantasmas.

A operação Croupier investiga os crimes de peculato, lavagem de dinheiro, organização criminosa, falsificação de documento público e uso de documento falso cometidos entre os anos de 2006 e 2015.

A ação contou com a participação de 14 promotores de Justiça, 19 servidores do MPRN e ainda 30 policiais militares. A ação também tem o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba.

Sine oferece 68 vagas de trabalho nesta terça-feira (25) no RN

 

Fonte: G1

O Sistema Nacional de Emprego (Sine) anunciou 68 vagas de trabalho disponíveis nesta terça-feira (25) em Natal e em cidades do interior do estado. As oportunidades são para cargos como auxiliar de cozinha, promotor de vendas, atendente de mesa e comprador.

Para tentar a vaga, o candidato deve se cadastrar via Internet no Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego, ou na unidade do Sine Matriz em Natal, na Cidade da Esperança, na Rua Adolfo Gordo, s/n, prédio da Central do Trabalhador. O horário de atendimento vai das 8h às 14h.

Os candidatos também podem procurar as agência do Sine nas centrais do cidadão da capital e do interior.

O interessado deve comparecer às agências do Sine com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), Número do PIS, cédula de identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência.

Confira as vagas disponíveis:

Natal

  • Auxiliar de cozinha – 1
  • Comprador – 1
  • Cozinheiro de restaurante – 1
  • Pizzaiolo – 1
  • Visual Merchandiser – 1

Total: 5

Vagas para pessoas com deficiência – Natal e Grande Natal

  • Auxiliar financeiro – 1

Total: 1

Mossoró e Região

  • Promotor de vendas – 2

Total: 2

Currais Novos

  • Atendente de mesa – 10
  • Auxiliar de cozinha – 10

Total: 20

Caicó e Região

  • Atendente de mesa – 10
  • Auxiliar de cozinha – 10

Total: 20

Assú e região

  • Atendente de mesa – 10
  • Auxiliar de cozinha – 10

Total: 20

Brasil registra quase 600 mil casos confirmados de dengue em 2019

 

Fonte: G1

Além disso, são 366 mortes causadas pela doença até 10 de junho, mais do que o dobro do mesmo período de 2018. Dados são do Ministério da Saúde.

O Ministério da Saúde confirmou 596,38 mil casos de dengue neste ano, até o dia 10 de junho. O número de casos prováveis da doença, ou seja, ainda não confirmados, é ainda maior: 1,127 milhão. Em relação a 2018, houve um salto nos casos de dengue no país. No mesmo período do ano passado, eram 173,63 mil casos prováveis.

Também o número de mortes por dengue neste ano é mais do que o dobro de 2018. Até aqui, foram registradas 366 mortes, ante 139 no mesmo período do ano passado.

“Observa-se aumento da taxa de letalidade no grupo de faixa etária acima de 60 anos, o que corresponde a 51,3 % (188) do total de óbitos do país”, diz o ministério, no boletim epidemiológico da Semana 23.

O aumento de casos da dengue tem sido especialmente visível nos estados de Minas Gerais e São Paulo nas últimas semanas. Da Semana 13 até a 23, esses dois estados corresponderam, juntos, a 96,5% do total de casos observados no Brasil (774,28 mil) dentro do período.

Chikungunya e zika

Em 2019, até 10 de junho foram registrados 65,83 mil casos prováveis de chikungunya no país. Além disso, houve 15 mortes (1 na Bahia, 13 no Rio de Janeiro e 1 no Distrito Federal).

No mesmo período, foram 6,53 mil casos prováveis de zika registrados pelo ministério, ante 5,09 mil casos no mesmo intervalo de 2018. Não há mortes confirmadas por zika.

Entre as gestantes, houve 1,68 mil casos prováveis, dos quais 299 foram confirmados: 39,4 % (118) dos casos confirmados foram registrados no Rio de Janeiro, seguido do Espírito Santo com 16,7 % (50), Minas Gerais com 8,3 % (25), Alagoas com 6,3% (19), Mato Grosso do Sul com 4,0% (12), Paraíba com 3,6% (11) e Mato Grosso com 3,3% (10).

CBTU implanta cinco novas viagens de trem na Grande Natal a partir de julho

 

Fonte: G1 RN

Três das novas viagens já estavam funcionando de forma experimental. Mudanças na grade passam a valer a partir do dia 1º do próximo mês.

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informou que vai implantar, a partir de 1º de julho, cinco novas viagens em sua grade horária, ligando a capital à zona norte da região metropolitana. Três dessas novas viagens já estão funcionando há alguns meses de forma experimental.

Agora, além da oficialização das implantação das três, outras duas serão incorporadas à grade horária do sistema ferroviário, administrado pela Superintendência de Natal.

“Além das novas viagens, os horários foram ajustados de maneira a permitir que os usuários consigam chegar ao centro de Natal mais cedo, antes dos horários de início de expediente e das aulas, assim como facilitar o retorno, após a saída do trabalho/escola”, informou a CBTU.

De acordo com o superintendente Leonardo Diniz, o estímulo à expansão dos trens urbanos da Grande Natal é uma das metas da gestão.

“Com essas ações, além de cinco novas viagens, foi possível aumentar de sete para 13 o número de integrações entre as linhas Norte e Sul. Com uma única passagem, o usuário poderá ir de Ceará-Mirim a Parnamirim ou vice-versa”, apontou.

Confira abaixo os novos horários e a grade horária completa:

  • Pela manhã, os usuários contarão com novas viagens partindo às 05h05 e às 06h36 de Ceará-Mirim, com destino a Natal;
  • No turno da tarde, mais uma viagem partindo de Natal às 14h43 com destino a Nova Natal e outra às 15h16 de Nova Natal para Natal;
  • Ao início da noite, às 18h35, mais uma partindo de Natal com destino a Ceará-Mirim

Azul e Latam anunciam chegada de novos voos para Natal ainda este ano

 

Fonte: Agora RN

Uma grande solenidade foi preparada pelo governo estadual para os anúncios de novas linhas para a capital, que não contou com a presença da principal delas, a Gol Linhas Aéreas

Com a presença da governadora Fátima Bezerra, secretários, políticos e do “trade” turístico, representantes de duas companhias aéreas anunciaram novos voos ainda este ano para o aeroporto de São Gonçalo do Amarante.

Ronaldo Veras, assessor da presidência da Azul, disse que está prevista uma nova ligação Natal-Recife para setembro e, em dezembro, uma linha Natal-Campinas, atendida por um Airbus 320. Em janeiro de 2020, ele antecipou a abertura de uma linha entre Natal-Confins, região metropolitana de Belo Horizonte.

Já a assessora jurídica da Latam, Tatiane Viana, anunciou para agosto um incremento na linha que a empresa mantém entre Brasília-Natal que, segundo ela, aumentará o número de voos. Todavia, Ronaldo e Tatiane não detalharam os números.

Uma grande solenidade foi preparada pelo governo estadual para os anúncios de novas linhas para a capital, que não contou com a presença da principal delas, a Gol Linhas Aéreas. Segundo a própria governadora, a empresa preferiu fazer o anúncio de novas linhas em outra oportunidade.

Na última terça-feira, 18, a governadora assinou decreto estadual estabelecendo regras para a redução da cobrança de impostos no querosene de aviação (QAV). Com a medida, a alíquota de tributos sobre o combustível pode chegar até zero com o objetivo é incentivar o turismo.

O novo regime de concessão especial de tributação para as companhias prevê cinco alíquotas do ICMS (Imposto sobre operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual, Intermunicipal e de Comunicação) que incide sobre o QAv, partindo dos atuais 12% e podendo chegar a até 0%.

Mas para atingir esses benefícios, as empresas terão que oferecer quantidades maiores de voos, sendo que para zerar a alíquotas terão que existir trajetos internacionais. E, caso não cumpram o que foi estabelecido no decreto, terão que devolver o equivalente às isenções recebidas.

Pelas regras do novo regime especial de tributação, para ter direito a atual alíquota de 12% – já desfrutada pela maioria das companhias que operam no estado – é preciso que a aérea aumente ao menos um voo nacional ou regional para cidades do Rio Grande do Norte. A alíquota de 9% é destinada às empresas que realizam no mínimo um voo internacional regular e direto semanal ou que incremente pelo menos 15% o número total de voos.

As faixas mais competitivas são as que reduzem a alíquota de ICMS nas saídas internas do QAv para 5%, 3% e 0%. Na primeira, a condição é que haja um aumento de voos da ordem de 30%. Já a de 3% só é concedida às companhias que ampliarem em pelo menos 50% o número total de voos.

Para obter a isenção do pagamento do ICMS sobre o combustível, as exigências são maiores. A companhia aérea terá de manter um voo internacional direto semanal e, ao longo de um ano, a operadora ficará obrigada a ter realizado no mínimo 30 voos desse tipo, além de aumentar em 50% os voos nacionais. Em todos os casos, a quantidade de assentos deve ser equivalente ao número de voos e não contam como incremento os voos fretados.