23 novos leitos críticos começarão a ser instalados nesta quarta-feira (3) em Mossoró

Nesta quarta-feira (3), treze novos leitos críticos começarão a ser instalados no município de Mossoró, na Região Oeste do Rio Grande do Norte. O ampliamento contará com 10 leitos de UTI no Hospital São Luiz (com 70% de custeio do estado e 30% do município), e um leito de UTI e dois semi-intensivos no Hospital Regional Tarcísio Maia.

Além desse leitos críticos, serão abertos mais 10 leitos clínicos no Hospital Rafael Fernandes, totalizando 23 novos leitos.

Uma equipe da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) irá até Mossoró nesta quarta-feira (3) para iniciar as instalações. A expectativa é de que todos os leitos estejam preparados até a próxima semana.

“Depende de equipamentos, monitores e respiradores e também de bombas de infusão, além da contratação de pessoal. Está na nossa programação para que até a próxima semana a gente consiga ativar os novos leitos tanto na região de Mossoró, como nas regiões próximas de Natal, como João Câmara, São Paulo do Potengi e Santo Antônio. E também no Giselda Trigueiro, João Machado e Hospital de Macaíba”, disse o secretário de Saúde do estado, Cipriano Maia.

Segundo a plataforma de monitoramento das internações no Rio Grande do Norte, Regula RN, a Região Oeste chegou a  100% dos leitos críticos ocupados nos últimos dias. Atualmente a região tem 97% de ocupação dos leitos críticos. O Rio Grande do Norte tem 94%.

“Nós estamos com todos os leitos de UTI de Mossoró ocupados, assim como os leitos de enfermarias. E estamos também com pacientes nos interiores aguardando leitos aqui. Tratamos de uma situação crítica, em que a gente precisa, além da criação de leitos, da ajuda da população pra que a gente supere esse momento”, disse a secretária de Saúde de Mossoró, Morgana Dantas.

Com a abertura dos novos leitos no municípios como assistência à região, o Hospital São Luiz terá 75 leitos Covid-19 – sendo 50 leitos de UTI e 25 leitos clínicos. O Hospital Rafael Fernandes terá 20 leitos– sendo 10 de UTI e 10 leitos clínicos – e o Hospital Tarcísio Maia terá 10 leitos de UTI, além dois leitos semi-intensivos.

O Governo do RN também planeja, para a Região Oeste, mais dois leitos de ventilação pulmonar em Apodi e seis leitos clínicos em Assu.

Após o agravamento da Covid-19 no estado, o Poder Executivo anunciou que iria abrir 97 novos leitos para tratamento da doença. Desses, 37 já estão em funcionamento: no Hospital de Campanha de Natal (10), Hospital Onofre Lopes (9), Giselda Trigueiro (2), Hospital João Machado (2), São Gonçalo do Amarante (10), Pau dos Ferros (3) e João Câmara (1).

Além disso, estão ainda com a ampliação em curso 11 leitos no Giselda Trigueiro, 20 leitos no João Machado, 10 leitos no Hospital da Polícia Militar e 4 leitos em Macaíba, além dos leitos de Mossoró. O total efetivamente será de 105 novos leitos.


Ler Anterior

RN recebe 40.800 doses de vacina na madrugada desta quarta-feira (3)

Ler Próximo

Segundo estudos de universidade turca, vacina CoronaVac tem 83,5% de eficácia