América acerta em apostar em destaques do Estadual

Jogador de qualidade não é só o que desembarca no aeroporto, Estadual serve para revelar qualidade

Michel, atacante do Palmeira pode assinar com o América. Foto: Instagram

No Tocando a Bola da 98 da terça-feira (08) eu disse que as contratações que o América age de forma acertada ao acertar a contratação do volante Robertinho que foi um destaques do Força e Luz no Estadual, como também em avaliar e eventualmente contratar os atacantes Michel, do Palmeira e André Costa do Força e Luz.

É mais “jogo” você investir em jogadores da terra que conseguiram destaque em times menores no Estadual do que buscar “promessas” de outros times com custos e riscos bem maiores. O caminho é esse mesmo.

Mesma coisa fez o ABC com Gustavinho que quando chegou ao alvinegro não poderia mais jogar o Estadual, mas pode ser aproveitado, dependendo da avaliação de Moacir Júnior no Brasileiro.

Não é mais negócio o clube contratar assim do que gastar o pouco dinheiro que tem com os Caxito, Clebinho, Calbergue, William Anicete ou Juninho Quixadá?

Tem que parar com aquela teoria dos anos 90 que jogador bom é aquele que desembarca no aeroporto e quem vem do futebol do eixo sul/sudeste. A realidade atual  é de Série D em meio a uma enorme crise sanitária e financeira que está arrebentando com os clubes do Brasil inteiro.

Se Robertinho não der certo no América ou se Gustavinho não render no ABC, faz parte dos erros do futebol, mas com certeza o prejuízo financeiro será muito menor do que o prejuízo acumulado com os “come e dorme” quem vem de fora como costuma dizer o comentarista Exmar Tavares.


Ler Anterior

Fauci pode acabar com a pandemia?

Ler Próximo

Paciente morto no RN não estava infectado pela cepa indiana, diz Instituto Evandro Chagas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *