BUSCAR
BUSCAR
Apagão no Sudeste não tem relação com a crise hídrica, diz ONS
O Sistema Cantareira está com o nível mais baixo dos últimos 10 anos.

 

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou neste domingo (19) que o apagão que afetou parte da Região Sudeste na noite deste sábado (18) não teve relação com a crise hídrica do país.

Segundo o ONS, às 21h21 de sábado “houve um desligamento total da Subestação de Rocha Leão”. O local, em Rio das Ostras, na Região dos Lagos fluminense, pertence a Furnas — que já tinha admitido a falha em nota neste domingo.

“As proteções atuaram corretamente para isolamento da falha, causando o desligamento de todos os equipamentos. A equipe técnica de Furnas prontamente iniciou os procedimentos para o restabelecimento do fornecimento”, detalhou Furnas.

O ONS afirmou que entrou em ação a “proteção diferencial de barras do setor de 138 kV”, afetando cidades do Rio de Janeiro e de Minas Gerais. Às 22h32, o abastecimento estava normalizado.

O ONS avaliará as causas da ocorrência junto aos agentes envolvidos e se foi um problema técnico ou um erro humano.

Para o pesquisador João Teles, da FGV Energia, “a observação do ONS faz sentido”. “Não deve se tratar de escassez de recursos energéticos. Porque o atendimento da carga nesse horário é considerado fora da ponta, ou seja , uma carga média”, pontuou. “E também foi no sábado, que não é dia útil, com uma carga normalmente mais baixa”, emendou.

Com informações G1 RN.

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]