Bolsas asiáticas e europeias sobem com menor número de mortes

Bolsas na Ásia e na Europa reagem positivamente à desaceleração do número de mortes na Itália, Espanha e França

A Bolsa de Valores de Tóquio fechou com alta de 4,2% nesta segunda-feira (6), estimulada pela ligeira desaceleração nas mortes diárias da pandemia de coronavírus registrada na Europa neste domingo (5).

O índice de referência Nikkei 225 ganhou 756,11 pontos e terminou em 18.576,30 pontos. O índice Topix, de todas as ações, fechou 3,86%, para 1.376,30 pontos.

“Os investidores reagiram positivamente a relatos de desaceleração no número de mortos na Itália e na Espanha. Mas ainda não está claro se o surto será contido”, disse Yoshihiro Ito, especialista da Okasan Online Securities, em nota informativa.

Espanha, Itália e França registraram uma esperançosa redução no número de mortes por coronavírus nas últimas horas, mas a pandemia, que já matou 68 mil pessoas em todo o mundo, está se espalhando nos Estados Unidos, onde os cidadãos estão se preparando para a “semana mais difícil”.

No Japão, o primeiro-ministro Shinzo Abe está se preparando para declarar estado de emergência em algumas partes do país, incluindo Tóquio, onde o número de infectados continua a aumentar.

Europa

As ações europeias se recuperam nesta segunda-feira (6), com a desaceleração das mortes por coronavírus na França e na Itália, aumentando as esperanças de que as restrições começassem a mostrar resultados.

O índice STOXX 600 de referência subia 2,9%, depois de terminar a sexta-feira com seu sexto declínio semanal em sete, com a crise da saúde paralisando a atividade comercial.

As bolsas italianas e francesas cresciam 3,5% e 3,4%, respectivamente.

Fonte: G1


Ler Anterior

Coronavírus: Estudo indica que pandemia evolui de forma mais controlada no Brasil

Ler Próximo

Coronavírus: Hospital de Campanha no Pacaembu começa a receber pacientes nesta segunda