Bolsonaro garante volta do auxílio emergencial

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que a prorrogação do auxílio emergencial “está quase certa, ainda não sabemos o valor” e que a ajuda deve ser liberada por mais três ou quatro meses.

A data para início da nova rodada de pagamentos ainda não foi definida pelo governo federal, mas ele afirmou que “Com toda a certeza, a partir… com toda a certeza, pode não ser a partir de março. Três a quatro meses, está sendo acertado com o Executivo e o Parlamento também porque temos que ter responsabilidade fiscal”

A afirmação foi feita em uma entrevista no Maranhão, após um evento nesta quinta-feira (11). Bolsonaro viajou ao estado para participar de uma cerimônia de entrega de títulos de propriedade rural em Alcântara.

A extensão do auxílio emergencial, descartada inicialmente pela equipe econômica do governo, é motivo embate e alvo de pressão de parlamentares, os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP), e Senado, Rodrigo Pacheco (DEM), defendem que o governo estenda o auxílio.


Ler Anterior

AstraZeneca afirma que vacina adaptada para as variantes da Covid deve demorar até 9 meses

Ler Próximo

Câmara aprova projeto para punir quem furar a fila de vacinação contra Covid