Cantor Belo é solto após prisão por show clandestino no Rio

Foto: Reprodução CNN Brasil

O cantor Marcelo Pires Vieira, conhecido como Belo, deixou a Cadeia Pública José Frederico Marques às 11h20 desta quinta-feira (18). O desembargador Milton Fernandes de Souza aceitou o pedido de habeas corpus da defesa e mandou expedir um alvará de soltura no início da madrugada.

A saída do cantor do presídio foi marcada por tumulto. Fãs do cantor marcaram presença e gritavam “eu te amo” enquanto o artista deixava a cadeia.

Belo, foi preso pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), na quarta-feira (17). Ele teve a prisão preventiva decretada pela realização de um show na Favela Parque União, no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio, no sábado (13). O evento ocorreu apesar das proibições devido à pandemia de Covid-19.

A polícia ainda apura a invasão ao colégio público onde foi realizada a apresentação, sem a autorização da Secretaria estadual de Educação. Segundo investigadores, as salas de aula do Ciep 326, Professor César Pernetta, foram utilizadas como camarotes.

Belo alegou que não sabe antecipadamente onde serão os seus shows. Em relação à apresentação do último sábado, o cantor afirmou que entrou na van na porta da sua casa e já desceu no local do show, no Ciep.

“Até agora eu não entendi o que eu fiz para estar passando por essa situação. Quero saber qual o crime que eu cometi. Subi no palco e cantei”, afirmou, ao sair da Cidade da Polícia, onde prestou depoimento.

Com informações complementares do G1


Ler Anterior

HUOL disponibiliza 10 leitos de UTI para pacientes com covid

Ler Próximo

Juiz decide manter prisão de Daniel Silveira após audiência de custódia