BUSCAR
BUSCAR
Cantor Sérgio Reis organiza manifestação com caminheiros a favor de Bolsonaro

Sérgio Reis anunciou, em vídeo, que está organizando uma manifestação com o movimento dos caminhoneiros e agricultores em favor de Jair Bolsonaro em Brasília. O cantor afirmou que a intenção é pedir uma ação dos militares junto ao presidente da República. “Estamos fazendo um movimento para salvar o país”, disse ele.

O evento será marcado para os dias que antecedem o feriado de Independência da República, em 7 de setembro. “Dia 7 não vamos fazer nada para não atrapalhar o desfile do nosso presidente, que é muito importante”, explicou o veterano do sertanejo.

“Nós fizemos uma reunião em São Paulo com líderes do Brasil, caminhoneiros e agricultores. Estamos fazendo um movimento clássico, sem agressões, sem nada. Queremos dar um jeito de movimentar esse país”, declarou Reis. “Sem tumulto, vamos ficar lá, vamos acampar, vai ter um galpão de refeições”, completou ele.

O cantor afirmou ainda que ele e os líderes do movimento estão preparando uma ação judicial para a manifestação. “Para fazer uma coisa séria, para que o governo tome uma posição, o Exército tome uma posição, mas se o povo não tomar essa posição, nada vai”, declarou. “Vocês que estão afim de salvar o Brasil, vamos com a gente para Brasília”, convidou Sérgio Reis.

O sertanejo ainda afirmou que o movimento contará com a presença de diversos artistas e empresários brasileiros, mas não citou nomes. “Vocês vão se assustar com o movimento, mas a gente é da paz. Não aceito mais a situação que está o nosso país”, disse ele.

O cantor tem histórico na política. Em 2014, foi eleito deputado federal pelo PRB (atual Republicanos, mesmo partido de Carlos Bolsonaro e Flávio Bolsonaro, filhos do presidente) com 45.330 votos, ocupando o cargo na Câmara entre 2015 e 2019.

Em abril, Sérgio Reis já havia se posicionado contra as medidas de restrição para conter o avanço da pandemia da Covid-19, mas se vacinou com as duas doses e incentivou a população a fazer o mesmo. Na ocasião, ameaçou agredir João Dória, governador de São Paulo, e o prefeito da capital paulista Bruno Covas (1980-2021).


WHATS 98 FM

Quer receber notícias na palma da sua mão? É muito fácil. Para ficar bem informado, mande um “oi” agora mesmo para o nosso WhatsApp e fique atualizado.

Fale conosco: 99998-9898

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]