Carta com veneno é enviada a Trump, diz imprensa dos EUA

Segundo os veículos, fontes do FBI confirmaram a presença de ricina dentro de um envelope


Foto: Alan Santos/PR

Uma carta com uma substância suspeita foi interceptada pelo serviço postal da Casa Branca durante esta semana. A informação foi divulgada no sábado (19) por meios da imprensa local. Segundo os veículos, fontes do FBI confirmaram a presença de ricina dentro de um envelope. A substância é letal e pode ser naturalmente extraída da mamona.

Fontes do Serviço Secreto disseram ao jornal “The New York Times” que o envelope foi enviado de um endereço no Canadá. Segundo a publicação, o material tóxico foi recolhido antes de chegar ao centro de distribuição que fica dentro da sede do governo norte-americano.

A rede de notícias CNN também citou fontes ligadas a segurança nacional para dizer que dois testes foram feitos para comprovar a presença de ricina. Ela disse também que a carta seria endereçada ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Fonte: Portal Grande Ponto


Ler Anterior

Manutenção da estrada que liga Assú a Carnaubais começa nesta segunda-feira

Ler Próximo

Ninguém acerta na Mega-Sena e prêmio acumula para R$ 43 milhões