BUSCAR
BUSCAR
CBF define regras para volta de torcedores a estádios com testes e vacinação

A CBF divulgou na noite desta segunda-feira (17) o protocolo para o retorno gradual dos torcedores aos estádios de futebol do Brasil. Pelas regras anunciadas, que precisarão ser aprovadas tanto pelos conselhos técnicos dos campeonatos quanto pelas autoridades sanitárias locais, haverá exigência de testes ou de vacinação completa para as torcidas.

A liberação deve começar pelas fases finais da Copa do Brasil e será válida para as Séries A, B e C do Campeonato Brasileiro, desde que aprovadas em reuniões extraordinárias dos seus conselhos técnicos. Nas demais competições, a decisão caberá diretamente à diretoria de competições da CBF.

No caso de São Paulo, o governador João Doria afirmou também nesta sexta que deve liberar a presença de torcedores nos estádios a partir de 1º de novembro. Ele não deu detalhes sobre os procedimentos, mas indicou que deve se reunir com a CBF e a Federação Paulista de Futebol (FPF) para anunciar os detalhes.

“O protocolo é o resultado do trabalho de uma equipe multidisciplinar, que pensa em todos os fatores que cercam uma partida de futebol profissional. Ressaltamos que a presença de público depende da anuência das autoridades sanitárias locais. Nosso parecer leva em consideração o contexto atual do Brasil em relação ao combate à covid-19. A qualquer momento, em caso de agravamento das condições da pandemia, este poderá ser modificado ou interrompido, se assim decidido em conjunto pela CBF e pelos clubes envolvidos”, afirmou Jorge Pagura, presidente da Comissão Nacional de Médicos do Futebol (CNMF) e líder da Comissão Médica da CBF.

Leia também

Apesar da decisão do STJD, CBF não autoriza público nos estádios

CBF divulga protocolo para retorno do público aos estádios

Deputado solicita ao Governo do RN decreto para volta de público aos estádios de futebol

Presidente da FNF quer volta do público aos estádios, mas pede cautela

Pelas regras do protocolo, o torcedor que quiser comparecer ao estádio terá que comprovar o teste negativo de covid-19 pelo método RT-PCR realizado em até três dias antes da data da partida. Ou pelo método de antígeno, aceito em até dois dias. Se estiver totalmente vacinado, o torcedor só precisará apresentar o comprovante. A CBF entende que o fã de futebol estará imunizado se tiver tomado as duas doses ou a dose única no caso dos fabricantes deste imunizante específico.

Do blog
O Governo do Rio Grande do Norte  liberou volta de eventos, abertura de bares e restaurantes e a realização da Meia Maratona do Sol, um evento com expectativa para 8 mil corredores, deve agora fazer o mesmo com o futebol, liberar o público nos estádios, mesmo sabendo que para ser colocado em prática em nível de Campeonato Brasileiro precisa da concordância da CBF, mas será um passo importante.
E que fique claro, sou totalmente favorável a liberação de todos os segmentos que citei aqui, como sou do futebol que com o protocolo estabelecido pela CBF tem amplas e totais condições de receber torcedores nos dois principais estádios do RN, Arena das Dunas e Frasqueirão.
Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]