Clubes da PB desistem do Estadual 2021? Desistem nada!

Clubes paraibanos estão falidos e fazem pressão para um Estadual “chapa branca”. No RN em situação nem diferente, FNF começa traçar competição 2021

FNF já trabalha o Estadual 2021. Foto: Divulgação

Na tarde da segunda-feira (14) na sede da Federação Paraibana de Futebol,  os clubes que têm participação garantida na competição estadual do próximo ano acabaram decidindo por cancelar o campeonato, alegando problemas financeiros para que fossem arcados os custos para participação na competição.

A decisão foi assinada por representantes de sete dos oito clubes que teriam participação no Campeonato Paraibano de 2021. Dirigentes de Atlético, Campinense, Nacional de Patos, Perilima, São Paulo Crystal, Sousa e Treze apoiaram a não realização do estadual. Só quem não assinou foi o representante do Botafogo.

Em resumo, os clubes da Primeira Divisão da Paraíba querem dinheiro público para o Estadual, querem que o Poder Público banque a competição.

Segundo o jornalista Maurílio Júnior, nenhum clube paraibano sanou as pendências financeiras com o Governo do Estado, fruto do desvio de quase 11 milhões de reais do programa “Gol de Placa”.

O recurso da nova versão do “Gol de Placa” só poderá ser liberada para as equipes com o acordo de leniência concluído.

Acho improvável que levem adiante a decisão assinada em ata. É pressão pura, para não dizer outra coisa, que os clubes paraibanos estão fazendo com o Poder Público.

No Rio Grande do Norte

Sem verba pública, a Federação Norte-riograndense de Futebol deve publicar durante o dia de hoje (15) o edital de convocação para o Conselho Técnico da Primeira divisão de 2021, definindo regulamento e datas.

Conversei por telefone com Allan Almeida que é Gestor do Palmeira Futebol Clube que vai disputar a Segunda Divisão do RN

” Aqui no Rio Grande do Norte apesar de todas as dificuldades temos um Estadual organizado e a Federação consegue realizar suas competições sem verba pública. Os clubes recebem todo apoio da FNF e digo isso porque vivo as dificuldades de um clube do interior. A federação garante as condições para todas as divisões e veja que as competições aqui tem começo, meio e fim, o que é muito bom e mostra como é importante a organização e retidão de todos”.

Além do Estadual da Segunda Divisão, será realizado também o Estadual Feminino, e como lembrou Allan Almeida sem “verba pública”.


Ler Anterior

São Miguel do Gostoso autoriza festas privadas de fim de ano, mas exige exames de Covid-19 dos participantes

Ler Próximo

Beneficiários do Bolsa Família recebem hoje quarta parcela do auxílio