Com Thiago Silva capitão, Seleção enfrenta o Peru pelas Eliminatórias

Equipe de Tite vai atrás de nova vitória a partir das 21h desta terça em Lima

Equipe de Tite vai atrás de nova vitória a partir das 21h desta terça em Lima. Foto: CBF

A Seleção Brasileira volta a campo nesta terça-feira (13) pela segunda rodada das Eliminatórias da Copa de 2022 para enfrentar o Peru, às 21h (de Brasília), no Estádio Nacional de Lima. Na estreia, sexta-feira, o Brasil goleou a Bolívia por 5 a 0 e graças ao saldo, está na liderança do qualificatório, que reúne dez seleções da América do Sul, jogando em turno e returno – as quatro primeiras irão diretamente ao Mundial, e a quinta disputará uma repescagem.

O técnico Tite não antecipou a escalação, mas afirmou que a base que ganhou da Bolívia deverá ser mantida:  “Os atletas já sabem desde ontem. A base permanece, as ideias permanecem. Mas não quero municiar o Gareca (Ricardo Gareca, técnico do Peru)”.

Porém, o técnico definiu o capitão, que desta vez será Thiago Silva. Quando a Copa começar, Thiago Silva terá 38 anos, mas o técnico acredita que ele ainda poderá estar no time

“É impossível projetar Seleção em dois anos. Quero, torço que ele mantenha esse nível”.

Até o momento, o jogo não tem transmissão na TV aberta ou fechada garantida. A plataforma de streaming da Turner, o EI Plus, passará o jogo mediante uma assinatura extra, que custa R$ 13,90 ao mês no plano anual. A Rede Globo ainda tenta acerto com a Federação Peruana, já que o acordo da Turner com os peruanos não prevê exclusividade. A forma de negociação foi alterada.

Antes, as emissoras compravam os direitos da competição. Agora, cada federação nacional tem os direitos dos seus jogos como mandantes. A Globo tem o direito de transmitir todos os jogos do Brasil e da Argentina em casa.

O Brasil deve começar com Weverton, Danilo, Thiago Silva, Marquinhos e Renan Lodi; Casemiro, Douglas Luiz, Everton e P. Coutinho; Neymar e Roberto Firmino.

R7

 


Ler Anterior

Aglomerações em eventos políticos marcam feriadão no RN

Ler Próximo

UFRN registra série de terremotos durante a madrugada em cidade do RN