Coronavírus: Bolsonaro e Doria batem boca em reunião. Assista

Reunião do presidente com governadores do Sudeste foi marcada por discussão entre o governador de SP e o presidente da República

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse ao presidente da República, Jair Bolsonaro, que ele deveria “dar exemplo ao País, e não dividir a nação em tempos de pandemia“. A declaração aconteceu durante reunião virtual do presidente com os quatro governadores do Sudeste, na manhã desta quarta-feira (25). Bolsonaro se exaltou com a declaração do governador de São Paulo e chegou a chamá-lo de “leviano” e “demagogo”.

A fala de Doria durou cerca de cinco minutos. “Bolsonaro, inicio na condição de cidadão, de brasileiro, lamentando seu pronunciamento de ontem à noite à nação“, disse o governador. “Nós estamos aqui, os quatro governadores do Sudeste, em respeito ao Brasil e aos brasileiros, e em respeito também ao diálogo e ao entendimento. O senhor, como presidente da República, tinha que dar o exemplo. Tem que ser um mandatário para comandar, para dirigir e para liderar o País e não para dividir”, acrescentou.

Confira a íntegra do vídeo:

 


Ler Anterior

Coronavírus: RN tem 839 casos suspeitos de coronavírus, afirma SESAP

Ler Próximo

Covid-19: liminar determina que bancos prorroguem vencimento de parcelas de financiamento de cliente