Coronavírus: Espanha começa a reduzir regra de isolamento

Espanha começou a flexibilizar as regras de isolamento adotadas por causa do novo coronavírus nesta segunda

A Espanha começou a flexibilizar as regras de isolamento adotadas por causa do novo coronavírus nesta segunda-feira (13). As pessoas que não podem trabalhar em casa, como funcionários de fábricas e da construção, poderão retomar suas atividades sob rígidos critérios de segurança. O país, que só perde em número de mortos na Europa para a Itália, registra mais de 17 mil mortes.

O número cumulativo de mortes causadas pelo novo coronavírus chegou a 17.489 hoje, 517 acima das 16.972 desse domingo, disse o Ministério da Saúde. Os casos confirmados totalizaram 169.496, ante os 166.019 do dia anterior.

Foi o menor aumento diário proporcional de mortes e novas infecções.

Como há sinais de melhora dos números, alguns negócios tiveram permissão de reabrir, como a construção e a manufatura.

Mas a maior parte da população continua confinada em suas casas. Lojas, bares e espaços públicos permanecerão fechados pelo menos até 26 de abril.

Pessoas presentes em grandes polos de transporte receberam máscaras da polícia ao sair para trabalhar na manhã de hoje.

Com informações do G1 e Agência Brasil


Ler Anterior

Bolsonaro se recusa a comentar sobre fala de Mandetta em entrevista

Ler Próximo

Coronavírus: um quarto das pessoas mortas no Brasil está fora dos grupos de risco