Coronavírus: Hospital de Campanha no Pacaembu começa a receber pacientes nesta segunda

Fechado ao público, local é destinado a pacientes de baixa complexidade diagnosticados com coronavírus transferidos da rede municipal da saúde

O Hospital de Campanha do Pacaembu, na Zona Oeste de São Paulo, começa a receber os primeiros pacientes nesta segunda-feira (6). O local funcionará de portas fechadas. O atendimento é destinado a pacientes diagnosticados com coronavírus transferidos da rede municipal da saúde.

A tenda de 6,3 mil m² foi erguida pela Prefeitura de São Paulo em 10 dias. No dia 1°, o Hospital Albert Einstein assumiu a administração do HM Camp.

Ao todo, serão 200 leitos disponíveis para pacientes de baixa complexidade diagnosticados com o novo coronavírus.

A Secretaria de Estado da Saúde gastou mais de R$ 8 milhões com a implantação das estruturas hospitalares temporárias nos complexos do Anhembi e Pacaembu. Juntos, eles serão ocupados por 2 mil leitos.

Ainda não há um número de pacientes que deve ir para a unidade de saúde neste primeiro momento.

Durante todo o período, o Complexo do Pacaembu estará fechado para o público em geral e para a prática esportiva durante toda essa operação.

Fonte: G1


Ler Anterior

Bolsas asiáticas e europeias sobem com menor número de mortes

Ler Próximo

FNF concede auxilio financeiro para árbitros da Comissão Estadual