CORONAVÍRUS: infectologista recomenda suspensão de todos os serviços no RN

Em entrevista ao 12 em ponto 98, o médico Alexandre Motta afirmou, “ou a gente sacrifica antes, ou vamos sacrificar depois como está acontecendo na Itália”

“É preciso que a gente tenha outra forma de ver (o coronavírus), ou seja, pensar que a gente tenha de fato que parar tudo fazer com que as coisas diminuam a propagação e com isso a gente consiga retardar os efeitos dessa pandemia”, disse o infectologista Alexandre Motta, em entrevista ao 12 em ponto 98, sobre a pandemia de coronavírus.

Alexandre Motta disse ainda, “ou a gente sacrifica antes, ou vamos sacrificar depois como está acontecendo na Itália”, afirmou o infectologista. 

O médico recomendou também que religiosos evitem ambientes fechados, “não vá ao culto, não vá à missa, não vá aos seus ambientes de fé, Deus não vai ficar chateado se você for prudente”, disse o médico Alexandre Motta.

Sobre as medidas a serem adotadas pela população para conter a propagação do coronavírus no Rio Grande do Norte, o infectologista recomendou a suspensão de serviços e orientou que o governo adote medidas para diminuir o número de pacientes internados

– Veja entrevista 

 

 

 


Ler Anterior

Salatiel comenta sobre panorama mundial do coronavírus

Ler Próximo

CORONAVÍRUS: Bancos prorrogam prazo para quitar dívidas de clientes