BUSCAR
BUSCAR
Coronavírus: Mandetta defende atuação coordenada entre governo federal e estados

Luiz Henrique Mandetta voltou a defender hoje uma atuação coordenada entre governo federal e estados no combate ao novo coronavírus, sobretudo em relação às quarentenas. Argumentou que as medidas afetam a logística, o que prejudica o próprio sistema de saúde.

“Não existe ilha chamada saúde, a economia é sim muito importante para a saúde. Colocamos em discussão como são essas quarentenas, o que liberar, o que fazer para as pessoas terem mobilidade, porque a última vez que foi usada quarentena no Brasil foi em 1917, na gripe espanhola. Ninguém tem esse parâmetro”, afirmou.

Leia também:

“Não é uma questão de apontar o dedo para o governador A, B ou C, o prefeito A, B ou C. Estão todos com uma arma na mão, falando ‘A Organização Mundial da Saúde manda eu fazer isso’, faz e não pensa muita vezes que isso é uma medida que tem que ser muito elaborada, tem que garantir alimento nessas comunidades”, continuou.

“As pessoas não conseguem ficar na casa delas, a geladeira fica vazia, o estômago fica vazio. Ele pode sair dali para entrar na casa de alguém, para forçar um supermercado. E se a gente não tiver logística, como a gente vai chegar com alimento no supermercado? A pessoa pode ter o recurso e a mercadoria não chegou porque parou tudo”.

Fonte: O Antagonista

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]