CPI contra governo Fátima é “desespero com as eleições de 2022” e “para desviar foco da CPI nacional”, diz deputada Isolda

Deputados de oposição já reuniram assinaturas suficientes para instalar uma CPI para apurar gastos da gestão estadual durante a pandemia de Covid-19

Deputada estadual Isolda Dantas (PT) – Foto: João Gilberto / ALRN

A deputada estadual Isolda Dantas (PT) afirmou nesta quarta-feira (26) que, ao articular a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar gastos do Governo do Estado durante a pandemia de Covid-19, a oposição promove um gesto de “desespero com as eleições de 2022” e busca “desviar o foco da CPI nacional”, instalada no Senado.

Em publicação nas redes sociais, a parlamentar potiguar ironizou a abertura da CPI. Em formato de enquete, a deputada perguntou: “Você acha que a CPI que os deputados querem instalar na Assembleia Legislativa é: a) Desespero com as eleições de 2022; b) Falta de assunto para criticar o governo do RN; c) Fruto da visita dos ministros de Bolsonaro ao RN; d) Para desviar o foco da CPI nacional”.

Nos comentários, ela escreveu: “Eu voto em todas as alternativas, e vocês? Esse projeto de CPI tem inspiração meramente política, sem qualquer outro fundamento que não tentar desgastar a imagem do governo de olho nas eleições de 2022”.

Como o PORTAL DA 98 FM noticiou, deputados de oposição já reuniram assinaturas suficientes para instalar uma CPI para apurar gastos da gestão estadual durante a pandemia de Covid-19. O requerimento para abrir a comissão deverá ser protocolado na próxima quinta-feira (27).


Ler Anterior

Caixa paga Auxílio Emergencial a beneficiários nascidos em setembro; CONFIRA O CALENDÁRIO DE PAGAMENTO

Ler Próximo

CGU aponta irregularidades no uso de recursos federais para Covid-19 em 21 estados; RN não aparece na lista