Defesa de Queiroz soube de relatório na PF ainda em fase sigilosa, diz jornal

Reportagem da Folha de S.Paulo diz que defesa do ex-assessor de Flávio Bolsonaro foi informada de inquérito em agosto de 2019

Compartilhe esse post

A defesa de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), foi informada em agosto de 2019 sobre a existência de um inquérito sigiloso da Polícia Federal no Rio de Janeiro no qual o ex-PM era citado. A revelação foi feita nesta quinta-feira (21) pela Folha de S. Paulo.

A informação surge poucos dias após o empresário Paulo Marinho, suplente de Flávio Bolsonaro no Senado, dizer ao mesmo jornal que houve um vazamento da Operação Furna da Onça pouco antes do segundo turno da eleição de 2018, em outubro.

Marinho prestou depoimento sobre o caso na quarta-feira (20) à Polícia Federal. Nesta quinta (21), ele depõe ao Ministério Público Federal. O empresário afirma que Flávio Bolsonaro foi avisado com antecedência sobre a deflagração daquela operação, que ocorreu em novembro de 2018.

Fonte: G1

Foto: Beto Barata/Agência Senado


Compartilhe esse post

Ler Anterior

Câmara autoriza governo a contornar ‘regra de ouro’

Ler Próximo

Feriado prolongado eleva índice de isolamento na cidade de SP, mas não atinge meta

Envie uma mensagem para o setor responsável.
WeCreativez WhatsApp Support
98 FM
Pedir Música
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Flávio Amorim
Comercial
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Sheyla
Vendas
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Vanessa
Vendas
Acessível