BUSCAR
BUSCAR
Luto
Delegado morre após ser baleado em abordagem policial
Delegado morre após ter sido baleado em ocorrência - Foto: Reprodução/Instagram

Morreu na madrugada deste domingo (17) o delegado da Polícia Civil Marcelo Hercos, de 42 anos, que estava hospitalizado em Aracaju, após ser baleado, no dia 21 de setembro, durante uma abordagem a suspeitos em um posto de combustível na Zona de Expansão da capital. A informação foi confirmada pela Polícia Civil.

Na ocasião, Hercos foi levado para o Hospital João Alves Filho, quando foi constatado que ele havia recebido três tiros – um no ombro e dois na região frontal (que atingiram duodeno e estômago), e após ter o quadro de saúde estabilizado, no dia 24 de setembro, foi autorizada a sua transferência para o Hospital São Lucas, onde faleceu em decorrência dos ferimentos.

Todos os envolvidos estão presos em Sergipe. Dois suspeitos foram presos no dia seguinte ao crime, na região do Robalo, na Zona de Expansão da capital. O suspeito de efetuar os disparos fugiu e se entregou à polícia, na quinta-feira (23), na cidade de Salvador. Um quarto suspeito, que seria o responsável pelo aluguel do carro utilizado pelo trio foi preso na sexta-feira (24), na capital baiana.

Marcelo Hercos Lyrio era casado, ingressou na Polícia Civil de Sergipe no dia 26 de dezembro de 2006. Era formado em direito e com especializações em direito penal e processual penal e gestão estratégica de segurança pública. Ele era o titular da 7ª Delegacia Metropolitana, sediada no Conjunto Jardim, em Nossa Senhora do Socorro.

Durante sua trajetória profissional de cerca de 15 anos, ele ocupou os cargos de delegado regional de Itabaiana e das cidades de Boquim, Pedrinhas, Porto da Folha, Japaratuba, Pirambu e 9ª Delegacia Metropolitana, no Bairro Santa Maria, em Aracaju. O delegado também atuava em apoio à Delegacia de Proteção Animal e Meio Ambiente (Depama) no interior do estado.

O velório acontece no Piaf, da Rua Laranjeiras, 1681, Bairro Getúlio Vargas, na capital. Nesta segunda-feira (18), às 10 h, serão realizadas homenagens policiais na Rua Porto da Folha, próximo ao Piaf. Em seguida, o cortejo seguirá até a saída da capital. Parte do cortejo seguirá para a cidade de Alagoinhas (BA), onde o corpo será cremado em cerimônia restrita.

Fonte: g1

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]