Deputado pede tropas federais para conter protestos de estudantes no IFRN

A postura do parlamentar vem após uma manifestação na última terça-feira (11) acabar em confusão com a Polícia Militar

O deputado federal general Girão Monteiro (PSL) solicitou o reforço de tropas federais para evitar protestos de estudantes no Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). A postura do parlamentar vem após uma manifestação na última terça-feira (11) acabar em confusão com a Polícia Militar.

DO OUTRO LADO

Coronel PM quer que associações entrem na justiça contra governo Fátima Bezerra por “abuso de autoridade”

O coronel PM da Reserva José Walterler acredita que a Polícia Militar está de mãos atadas para exercer sua missão constitucional de servir e proteger o cidadão, diante de uma interferência política a qual ele classifica como ideológica, abusiva e arbitrária. “Eles (policiais) agiram de forma legal e moderada para coibir aglomeração, inclusive proibida em decreto. Portanto, a governadora determinou, sem culpa formada, o afastamento dos policiais no exercício legal do dever. De forma temerária, puniu integrantes de uma tropa comandada por ela mesma. Contudo, vale lembrar que a Polícia Militar não é empregada de governador, somos servidores públicos concursados e temos nossos deveres e direitos constitucionais”.

De acordo com Walterler, quem deveria sofrer punições seriam os protagonistas de ações e atos verdadeiramente graves, e com fortíssimos indícios de crime, a exemplo dos desvios de verbas federais, compras superfaturadas, entre outras. “Registro assim meu protesto e exorto as associações a atravessarem ação judicial com base na nova Lei de Abuso de Autoridade”.

Outro militar do alto escalão da PM que se manifestou a favor dos policiais que agiram no IFRN foi o Coronel Silva Júnior, 32 anos de PM, que usou sua rede social para gravar um vídeo em solidariedade aos PMs.

Silva Júnior disse que eles usaram a força progressiva, o armamento certo – gás de pimenta- que foram desafiados e agiram de forma correta


Ler Anterior

RN ultrapassa 2 mil mortos e por covid-19 e Governo do Estado decreta luto oficial de três dias

Ler Próximo

Clubes e FNF anunciam medidas contra hackeamento de transmissões do Estadual