Prefeito de Ceará-Mirim prorroga lockdown e anuncia abertura de Centro de Tratamento à Covid

Prefeito de Ceará-Mirim, Júlio César Câmara (Foto: Divulgação)

Por Mycleison Costa

A prefeitura de Ceará-Mirim, na Região Metropolitana de Natal, decidiu prorrogar até 21 de março o decreto que determina o fechamento do comércio não essencial, das repartições públicas da cidade e a suspensão das feiras livres. O prefeito Júlio César Câmara (PSD) usou seus perfis nas redes sociais, na noite desta segunda-feira (15), para anunciar a continuidade das medidas restritivas e a abertura de um Centro de Enfrentamento à Covid-19.

De acordo com o prefeito, a nova edição do decreto também determina que o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) suspenda qualquer interrupção no fornecimento de água à população durante esse período, além de proibir a cobrança de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbana), alvarás e outras taxas enquanto vigorar o decreto

Júlio César também anunciou que a prefeitura vai contratar novos médicos para o Hospital Dr. Percílio Alves e abrir novos leitos na unidade. Segundo ele, também serão criadas uma sala vermelha e um Centro de Enfrentamento à Covid-19 para atendimento da população; onde serão realizados testes e distribuídos medicamentos. O centro funcionará no prédio do Centro de Saúde da cidade.

Como medida de socorro aos feirantes e autônomos atingidos pelas medidas, o gestor esclareceu que serão distribuídas 1500 cestas básicas para àqueles que estiverem cadastrados no sistema da Secretaria de Assistência Social da prefeitura.

Na postagem, Júlio César também fez um apelo à população para que respeite o decreto. O prefeito comunicou ontem que a mãe foi intubada após complicações da Covid-19.

“Continuamos solicitando o apoio da população nesse momento tão difícil que estamos enfrentando onde milhares de vidas foram perdidas em decorrência da Covid-19, e aqui mesmo no nosso Município vários amigos perderam suas vidas em decorrência da pandemia”, escreveu.