Dois foragidos de Alcaçuz são capturados pela PM

Henrique de Oliveira Souza, conhecido como ‘Borracha’, de 35 anos e Cleyton Marques de Mendonça, de 27 anos. Foto: PM

Dois foragidos do Presídio Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, região metropolitana de Natal, foram capturados pela Polícia Militar nesta segunda-feira (19) no bairro das Rocas, zona Leste da capital. Os homens foram identificados como Henrique de Oliveira Souza, conhecido como ‘Borracha’, de 35 anos e Cleyton Marques de Mendonça, de 27 anos. Na ação, 11 pessoas foram conduzidas a delegacia e ainda foram apreendidas 3 armas, uma pistola .40 e duas 380, munição de fuzil, aproximadamente 4 quilos de drogas e material para venda dos entorpecentes. Ainda restam 10 foragidos de Alcaçuz.

De acordo com a PM, a captura se deu após uma denúncia de roubo de uma loja de roupas, a polícia conseguiu localizar o proprietário do carro usando na ação. Quatro pessoas foram detidas na residência do dono do veículo, no local também foram encontradas 2 armas de fogo. Na ação, em Brasília Teimosa, na zona Leste de Natal, foram identificados os casais que participaram do crime, chegando a outros 3 envolvidos, incluindo os 2 fugitivos de Alcaçuz.

No sábado (17), o Governo confirmou a fuga dos detentos. De acordo com a Secretaria de Estado e Administração Penitenciária (SEAP), a contagem inicial indicou a fuga de 12 detentos do pavilhão IV da penitenciária.

A direção da penitenciária divulgou que os fugitivos estavam custodiados na cela 9, ala A, do Pavilhão IV. O Pavilhão abrigava 738 presos. A Penitenciária de Alcaçuz abriga 1.649 presos condenados pela Justiça.

Veja os nomes dos presos que ainda estão foragidos: Alziro Tony da Silva, de 28 anos; Antonio Marcos Sena da Silva, conhecido como ‘Marcola’, de 31 anos; Francisco Alef Guedes de Lima, conhecido como ‘Matuto’, de 27 anos; Francisco Damião Virgínio de Oliveira, conhecido como ‘Gato a Jato’, de 48 anos; Francisco Eliomar Faustino Júnior, de 27 anos; Francisco Ray Pereira da Costa, de 27 anos; Genilson Silva de Andrade, conhecido como ‘Nilson’, de 23 anos; Ivanaldo Sales da Silva, conhecido como ‘Pikachu’, e 21 anos; Max Soares da Silva, de 29 anos; e Osvanildo Maria da Silva, conhecido como ‘Cachimbo’, de 34 anos.


Ler Anterior

Homem é preso com 80 kg de drogas escondidas em caminhonete no interior do RN

Ler Próximo

Promotoria denuncia 12 PMs por homicídio de nove jovens durante baile funk em Paraisópolis