Duas pessoas foram detidas neste fim de semana por desobedecer o toque de recolher

Com primeiro fim de semana de vigência do toque de recolher no Rio Grande do Norte, duas pessoas foram detidas por desobediência, segundo a Secretaria de Segurança do Rio Grande do Norte. Apesar disso, as autoridades consideraram a situação tranquila. Segundo novo decreto, a circulação de pessoas está proibida entre 22h e 5h, exceto para alguns trabalhadores e atividades.

Passava das 22h45 quando na noite do sábado (27), em Natal, um homem foi detido no bairro Potengi, na Zona Norte, ao se recusar a deixar o bar em que bebia. A Polícia Militar chegou ao local e levou o homem para a Delegacia de Plantão.

Já neste domingo (28), uma ocorrência semelhante aconteceu em São José do Campestre, onde um homem também resistiu ao cumprimento do decreto. Segundo a Sesed, ele foi detido e levado para a Delegacia Regional de Nova Cruz.

Nos dois casos, segundo a Polícia Civil, foi assinado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e os detidos liberados para irem imediatamente para seus lares.

“Para garantir o cumprimento das medidas sanitárias de enfrentamento e prevenção ao novo coronavírus, a professora Fátima Bezerra, governadora do estado, determinou que nós disponibilizássemos todas as forças de segurança disponíveis, e é isto o que estamos fazendo, sempre cumprindo o programa Pacto Pela Vida”, destacou o coronel Francisco Araújo Silva, titular da Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED).

O toque de recolher no Rio Grande do Norte teve início na noite de sábado (27), após a publicação de um decreto com novas medidas que visam reduzir aglomerações e a pressão por leitos críticos de UTI para Covid-19.


Ler Anterior

Detran-RN suspende parte dos atendimentos presenciais até 12 de março

Ler Próximo

Mesmo com primeira dose da vacina, casal de idosos morre em São João do Sabugi