Eduardo Pazuello pede para deixar Ministério da Saúde, diz jornal

Informação foi divulgada neste sábado (14) pelo jornal O Globo

O Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, teria comunicado ao presidente Jair Bolsonaro que deixará o comando do ministério nos próximos dias, segundo informações do jornal O Globo. A razão seria um problema de saúde que necessita de tempo para reabilitação. O militar está à frente da pasta desde a saída do oncologista Nelson Teich, em maio de 2020.

A suposta saída de Pazuello vem no momento em momento em que o Brasil enfrenta seu pior momento na pandemia, com recordes diários de mortos e infectados, além de pressão por parte de parlamentares do centrão, que defendem a mudança de comando na saúde com alegação de má gestão por parte do militar.

De acordo com O Globo, assessores do Palácio do Planalto já estariam em contato com dois médicos cardiologistas cotados substituir Pazuello; são eles: Ludhmilla Abrahão Hajjar, professora associada da Universidade de São Paulo (USP), apontada como o nome de preferência do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC).

Se a informação se confirmar, Eduardo Pazuello será o terceiro ministro da saúde a deixar o cargo durante a pandemia da Covid-19.


Ler Anterior

Após decisão de Alexandre de Moraes, Daniel Silveira ficará em prisão domiciliar

Ler Próximo

Auxílio Emergencial: Nascidos em janeiro já podem atualizar os dados no app Caixa Tem