Eleição para mudança no estatuto do América marcada para dia 01 de fevereiro

Além do projeto original do CD, Alex Padang e Leonardo Bezerra apresentaram propostas de modernização

Uma das propostas apresentadas para mudança no estatuto do América é do ex-presidente Leonardo Bezerra. Foto: Divulgação

A votação do projeto de alteração do Estatuto do América está marcada para o próximo dia  01 de fevereiro, e será realizada de forma híbrida, em razão da pandemia do coronavírus. A primeira chamada será às 08h da manhã, sendo iniciada a segunda chamada meia hora depois, seguindo até o meio-dia.

Leia também:

Anteprojeto para modernização do Estatuto do América movimenta Conselheiros

Conselheiro Diogo Pignataro avalia necessidade de modernização do Estatuto do América

Emenda de Eduardo Rocha facilita transição de Sócio Torcedor para Sócio Proprietário

Conforme comunicado distribuído aos aos Conselheiros adimplentes, as chapas de votação serão distribuídas através do e-mail dos conselheiros adimplentes, que poderão votar. O envio das chapas após a votação será feito para o e-mail remetente onde ficará documentado e confirmado o voto, bem como de forma presencial na  sede do clube.

Basicamente os ex-presidentes Alex Padang e Leonardo Bezerra apresentam como principais propostas o voto do sócio com dois anos de adimplência, normas de transparência e controle e eleições diretas para presidente.

Padang propõe ainda que o sócio que queira integrar o CD seja indicado por dois conselheiros, oficializando o que já acontece hoje na prática. No substantivo de Leonardo Bezerra, que o Conselho Deliberativo seja eleito entre os sócios a cada quatro anos.

Em contato com o blog detalhou as suas propostas:

 

Categorias de sócios

Atualmente: Fundador, Benemérito, Honorário, Remido, Proprietário, Atleta, Dependente e Torcedor

Anteprojeto Conselho Deliberativo:

Remido, Proprietário , Torcedor e Dependente (nesse caso dependentes do Proprietário e Remido.)

Substitutivo Leonardo Bezerra:

Remido, Proprietário e Torcedor.

Direitos Políticos Estatutários

Atualmente: beneméritos, proprietários e remidos podem, após 12 meses ininterruptos, votar e ser votado para Conselho e presidente

Anteprojeto Conselho Deliberativo: proprietários e remidos que já tenham sido conselheiros pode votar e ser votados após 12 meses.
Sócio torcedor pode após quatro anos passar para categoria de proprietário, pagando uma taxa, e adquire direitos de políticos.

Substitutivo Leonardo Bezerra:

Proprietários e remidos podem votar e ser votados após 12 meses de ingresso ao quadro social, desde que adimplentes.

Sócio torcedor pode votar após 24 meses de ingresso e adimplência. A partir de 36 meses, pode requerer a transformação do seu sócio em sócio proprietário, sem ônus, arcando apenas com as taxas regulares dessa categoria (anuidade).

Órgãos do clube

Atualmente: Conselho Deliberativo deve ser eleito pela Assembleia Geral a cada 04 anos, escolhendo o Conselho Fiscal e Conselho Diretor.

Anteprojeto do Conselho Deliberativo: mantém a mesma dinâmica

Substitutivo Leonardo Bezerra:

Os Conselhos Diretor e Deliberativo são eleitos pela Assembleia Geral.

Conselho Deliberativo, a cada quatro anos sendo composto por conselheiros natos (ex presidentes) mais conselheiros eleitos pelo sistema proporcional.

Conselho Diretor, eleito a cada dois anos. Para ser Presidente, o candidato deverá ser Conselheiro há pelo menos 02 anos e sócio pelo período minimo de 04 anos e ter, no mínimo, 35 anos de idade.

Conselho Fiscal, eleito pelo Conselho Deliberativo.

Proibição de relações familiares e nepotismo entre Conselho Fiscal e Presidente e Vice. Mantida.


Ler Anterior

Bolsonaro pede volta de torcida nos estádios “o mais cedo possível”

Ler Próximo

Conta de água aumenta 6,7% a partir de segunda (1)