ELEIÇÕES 2020: domingo (29) terá segundo turno em 57 cidades, com 38 milhões de eleitores

Cada seção eleitoral vai contar com álcool em gel para eleitores e mesários.

No próximo domingo, 29, haverá o segundo turno em 57 cidades brasileiras. Mais de 38 milhões de eleitores voltam às urnas para definir as Eleições Municipais de 2020.

No total, as eleições no segundo turno será decidida em 18 capitais. Aracaju (SE), Belém (PA), Boa Vista (RR), Cuiabá (MT), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Porto Velho (RO), Recife (PE), Rio Branco (AC), Rio de Janeiro (RJ), São Luís (MA), São Paulo (SP), Teresina (PI) e Vitória (ES). Em Natal, Alvaro Dias (PSDB) foi reeleito em primeiro turno, com 56,58%.

Calendário e pandemia

Ontem (26), terminou o prazo para a realização de reuniões públicas ou comícios com sonorização fixa. Também a partir desta quinta, a Justiça Eleitoral pode expedir salvo-conduto para eleitores que sofrerem violência moral ou física que comprometa a liberdade de votar.

Desde terça-feira (24), os eleitores das 57 cidades onde haverá segundo turno não podem ser presos ou detidos. As exceções são para os casos de flagrante delito, desrespeito a salvo-conduto e sentença condenatória por crime inafiançável (racismo, tortura, tráfico de drogas, terrorismo, ação de grupos armados) ou hediondo.

O TSE manteve para o próximo domingo as mesmas orientações sanitárias contra o coronavírus recomendadas no primeiro turno das eleições. O uso da máscara é obrigatório, e todos devem higienizar as mãos antes e depois de digitar o número do candidato na urna eletrônica. Cada seção eleitoral vai contar com álcool em gel para eleitores e mesários.

Os eleitores devem respeitar a distância mínima de um metro para outras pessoas. Outra recomendação é que cada um leve a sua própria caneta para assinar o caderno de votação. O objetivo é evitar o compartilhamento de objetos e diminuir o contato dos eleitores com superfícies eventualmente infectadas.

PESQUISAS NAS PRINCIPAIS CAPITAIS

– Datafolha mostra Covas com 47% e Boulos com 40% em SP;

– Datafolha no Rio: Paes tem 55%; Crivella, 23%;

– Datafolha no Recife: Marília Arraes tem 43%; João Campos, 40%;

– Boa Vista, capital de Roraima: Arthur Henrique (MDB) tem 78% dos votos válidos, de acordo com pesquisa divulgada na semana passada, contra 22% de seu adversário, Ottaci (Solidariedade);

– Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Sebastião Melo (MDB) tem 49%, enquanto Manuela D’Ávila (PCdoB) tem 42%. Com a margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, Melo está à frente da adversária. Em votos válidos, Melo tem 54%, e Manuela, 46%;

– João Pessoa, na Paraíba: Cícero Lucena (PP) lidera com 44%, já Nilvan Ferreira (MDB) tem 36% do total de votos;

– Goiânia, em que Maguito Vilela (MDB) aparece com 54% da preferência do eleitorado, contra 31% de Vanderlan Cardoso (PSD);

O 12 em Ponto 98 desta sexta-feira (27) discutiu esse assunto. Confira:

Com informações da Agência Senado

Foto: Elza Fiúza/ABr/Fotos Públicas

Ler Anterior

RN bate recorde histórico na geração de empregos

Ler Próximo

Licitação da Prefeitura do Natal para show de fogos no Ano Novo é suspensa e pode comprometer evento