Em 2020, número de vítimas de assassinatos no RN foi equivalente a 31 ônibus lotados

1.499 pessoas foram mortas entre janeiro e dezembro, diz relatório

Por Mycleison Costa

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) divulgou, na manhã desta quarta-feira (13), os números totais da violência no Rio Grande do Norte durante o biênio 2019/2020. Segundo os dados reunidos pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análise Criminal (COINE), foram registradas 2954 Condutas Violentas Letais Intencionais (CVLIs) no biênio, sendo 1.455 em 2019 e 1.499, em 2020. A título de comparação, o número de pessoas assassinadas no ano passado é equivalente a 31 ônibus lotados com todos os passageiros sentados.

O relatório também aponta que os homens continuaram como as principais vítimas de homicídios no estado. No ano passado, do total de assassinados, 1412 eram do sexo masculino. Já 84 mulheres foram mortas de forma violenta, 13 delas vítimas de feminicídio – quando a pessoa é assassinada pelo simples fato de ser do sexo feminino. De acordo com a Sesed, os feminicídios apresentaram redução de 38,1%, quando comparados com o ano anterior. Em três casos não foi possível determinar o sexo da vítima.

Outro ponto de destaque no documento é a queda no número de pessoas mortas durante intervenções policiais. Em 2020, 144 indivíduos morreram durante confontros com a polícia. Em 2019 esse número foi de 170 mortos, ou seja, houve uma redução de 55,5% . Outro crime que também apresentou redução foram as lesões corporais seguidas por morte, que vitimaram 128 pessoas em 2019 e 57, em 2020.

Os dados também apresentam o reflexo da desigualdade social no estado. Das 1499 pessoas assassinadas, 1276 eram negras ou pardas – o que representa 85,12% do total de mortos -, e a maior parcela, 481 mortos, tinha entre 18 e 24 anos. Os adultos entre 35 e 64 anos de idade também foram parte relevante das vítimas, somando 402 mortos. Segundo dados obtidos com Observatório da Violência do Rio Grande do Norte (OBVIO), a maioria desses crimes aconteceu no interior no estado, onde 783 assinatos foram registrados.

Ainda de acordo com informações do  OBVIO, o mês de abril foi o mais violento no Rio Grande Norte em 2020, com 156 pessoas assassinadas.

 

Condutas Violentas Letais Intencionais (CVLIs) no biênio 2019/2020: 2954

Números em 2020

Asassinatos: 1499

Homens assassinados: 1412

Mulheres assassinadas: 84 (sendo 13 por feminicídio)

Lesão corporal com morte: 57

Mortes por intervenção policial: 144

 

 

 


Ler Anterior

Vacinação começa na próxima terça-feira (19) no Brasil

Ler Próximo

Casos de violência contra a mulher registram 54% de queda em 2020 no RN