BUSCAR
BUSCAR
Estado de saúde de Dudu Braga, filho de Roberto Carlos, é irreversível
Roberto Carlos e o filho Dudu Braga. Foto: Reprodução

O produtor musical Dudu Braga, filho de Roberto Carlos, que enfrenta um câncer no peritônio (membrana que envolve a parede abdominal) descoberto em setembro do ano passado, está em coma, segundo informado por fontes do Em Off, do colunista Erlan Bastos. Procurada pelo site Quem, a assessoria de imprensa da família do cantor confirmou que ele está internado e o quadro é estável, apesar de irreversível.

No perfil de Dudu no Instagram, publicado neste fim de semana, ele compartilhou um clique com a mulher, Valeska, e a filha, Laura, de 5 aninhos. “Minhas paixões! Foto de um dia muito especial!”, declarou o produtor. “Você que é nossa paixão! Amamos você!”, respondeu Valeska. As duas têm sido companhias constantes dele no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

Histórico de problemas de saúde

Esta é a terceira vez que Dudu encara a doença depois de vencer duas batalhas contra o câncer de pâncreas em 2019. No começo de agosto, Dudu deu uma entrevista à Quem e falou sobre a doença com otimismo.

“O meu câncer voltou ano passado, apareceram três pontinhos no peritônio. Fiz o tratamento, fiquei bem, e voltou [o câncer] há um mês. Comecei a ter umas recidivas de ter que voltar para o hospital. O meu aparelho digestivo estava ficando inflamado com uma certa facilidade”, explicou ele, em conversa com Quem enquanto estava sendo tratado pelo oncologista Fernando Maluf.

Na ocasião, Dudu contou que estava fazendo as sessões de quimioterapia. Ao todo, estavam previstas 8 sessões: “O meu tumor primário é de pâncreas e foi metastático [quando se espalha do órgão em que começou para outras partes do corpo]. Hoje não tenho nada mais no pâncreas, uma vez que operei e fiz as sessões de quimioterapia. A doença voltou no peritônio e resolveram entrar com uma medicação nova. Mas meu tumor está estável, não regrediu nem progrediu”, contou.

Dudu esclareceu que, frequentemente, precisa voltar ao hospital por conta de intercorrências clínicas. “O peritônio inflama o aparelho digestivo e sempre que isso acontece tenho que me internar para tomar antibiótico, que só pode ser feito no hospital e a cada seis horas. Não tem outro jeito, tenho que ficar internado porque a medicação é intravenosa”, contou o produtor, que continua ativo. “Estou falando com você e trabalhando (risos). Faço o programa da rádio, as palestras, as lives, tudo aqui do hospital. Se tivesse um programa na TV, apresentaria daqui”, disse.

Fonte: Quem


WHATS 98 FM

Quer receber notícias na palma da sua mão? É muito fácil. Para ficar bem informado, mande um “oi” agora mesmo para o nosso WhatsApp e fique atualizado.

Fale conosco: 99998-9898

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]