Estado do RN chegou em dezembro de 2020 com 85% da malha viária, diz o diretor do DER

O diretor do Departamento de Estradas e de Rodagens, Manoel Marques, afirmou em entrevista à 98FM no programa Café com Notícia, nesta sexta-feira (22), que a malha viária do Rio Grande do Norte chegou a 85% em dezembro de 2020 e esclareceu que algumas estradas não foram feitas por falta de um recurso maior. “Óbvio que algumas rodovias muito ruins que a gente deixou para o final para ver se conseguia um recurso a mais para fazer um serviço melhor, porque ali é jogar dinheiro fora em algumas rodovias. A gente faz porque é uma obrigação, tem que manter a estrada trafegável”, disse Manoel Marques.

O diretor do DER destacou que existem aproximadamente 100 km de pequenos trechos em todo RN, que não cabe mais tapa buraco. Para fazer a recuperação de base e para fazer um tratamento superficial simples da rodovia ou no máximo um duplo dependendo do tráfego da rodovia, é preciso de R$ 300 mil por kilômetro, totalizando R$ 300 milhões para a conclusão de todos os trechos, segundo Manoel Marques.

 


Ler Anterior

Diretor do DER confessa falha por não ter priorizado rodovia que liga Tibau a Grossos no RN

Ler Próximo

Prefeitura de Mossoró recomenda estudo técnico sobre o Estádio Nogueirão