Mais de 66 mil potiguares estão com 2ª dose de vacina contra a Covid-19 atrasada

Estão na lista todos os potiguares que receberam a primeira dose da Coronavac há mais de 28 dias e da Oxford/AstraZeneca há mais de 90 dias

Vários municípios potiguares relatam falta de doses da Coronavac para aplicar a 2ª dose na população – Foto: Elisa Elsie / Governo do RN

Por Redação 98 FM

Passou de 66 mil o número de potiguares com a segunda dose de vacina contra a Covid-19 atrasada. Dados do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Lais/UFRN) obtidos pelo PORTAL DA 98 FM mostram que, até a última terça-feira (27), exatamente 66.642 pessoas passaram do prazo para receber a dose de reforço, o que pode comprometer a eficácia da imunização. Veja mais números ao fim da matéria.

A maioria dos potiguares com a 2ª dose atrasada foi imunizada na 1ª dose com a Coronavac, a vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan, de São Paulo, em parceria com o laboratório Sinovac, da China. São 65.668 pessoas que aguardam a chegada de novos lotes ao Rio Grande do Norte para completar a imunização. Outros 974 potiguares foram imunizados com a vacina de Oxford/AstraZeneca, produzida no Brasil pela Fiocruz, do Rio de Janeiro.

De acordo com os dados do Lais/UFRN, que são integrados aos da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), estão na lista todos os potiguares que receberam a primeira dose da Coronavac há mais de 28 dias. Esse é o intervalo máximo entre as doses indicado pelo Butantan para que a eficácia da vacina seja preservada. No caso da vacina de Oxford/AstraZeneca, estão na lista os que tomaram a primeira dose há mais de 90 dias – prazo máximo apontado pela Fiocruz.

Se novos lotes de vacina não chegarem ao RN, o número de atrasados deve crescer nos próximos dias. Segundo o Lais/UFRN, 87.979 potiguares ficarão com a imunização atrasada se não receberem a dose de reforço na próxima semana. Se confirmado, o Estado terá mais de 154 mil pessoas com a imunização atrasada.

Como o PORTAL DA 98 FM mostrou, vários municípios potiguares relatam falta de doses da Coronavac para aplicar a 2ª dose na população. Na capital Natal, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) relata que não há mais vacina do Butantan desde segunda-feira (26). O último lote, que chegou no fim da semana, esgotou em apenas 48 horas. Natal é justamente a cidade com o maior número de atrasados no Estado. São 35.499 natalenses que aguardam a 2ª dose da vacina.

A expectativa da Sesap é que um novo lote de vacinas chegue ao Rio Grande do Norte nesta quinta-feira (29), enviado pelo Ministério da Saúde. O número de imunizantes, contudo, deve ser reduzido, com apenas 1,6 mil doses. O esquema de distribuição será anunciado assim que as doses chegarem.

No caso da vacina de Oxford/AstraZeneca, há doses disponíveis nos municípios. Neste caso, pacientes estão com a dose de reforço atrasada porque não compareceram aos postos de vacinação.

Devo tomar vacina mesmo com atraso?

Uma nova nota técnica, divulgada nesta terça-feira (27) pelo Ministério da Saúde, orienta a população a tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 mesmo que a aplicação ocorra fora do prazo recomendado pelo laboratório.

“Essa é a orientação do Ministério da Saúde, que reforça a importância de se completar o esquema vacinal para assegurar a proteção adequada contra a doença”, afirmou a pasta, em nota.

O ministério também diz que é “improvável que intervalos aumentados entre as doses das vacinas ocasionem a redução na eficácia do esquema vacinal”. No entanto, ressalta que os atrasos devem ser evitados “uma vez que não se pode assegurar a devida proteção do indivíduo até a administração da segunda dose”.

Dificuldade para obter Coronavac

Na segunda-feira (26), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, admitiu que há “dificuldade” no fornecimento de vacinas para aplicação da segunda dose da CoronaVac. Em março, o Ministério da Saúde mudou a orientação e autorizou que todas as vacinas armazenadas pelos estados e municípios para garantir a segunda dose fossem utilizadas imediatamente como primeira dose.

Números

66.642
Potiguares que estão com 2ª dose atrasada

– Coronavac/Butantan: 65.668
– Oxford/AstraZeneca: 974

87.979
Potiguares com 2ª dose a vencer em até 7 dias

– Coronavac/Butantan: 59.397
– Oxford/AstraZeneca: 28.582

Top 5 cidades com mais atrasos

– Natal: 35.499
– Mossoró: 6.422
– Parnamirim: 2.199
– João Câmara: 1.306
– Macaíba: 888

Fonte: Lais/UFRN e Sesap

Panorama da vacinação

476.967
Potiguares vacinados com a 1ª dose

218.215
Potiguares vacinados também com a 2ª dose

Fonte: RN+Vacina


Ler Anterior

Operação no RN contra corrupção e falsidade ideológica prende advogado e afasta policiais civis

Ler Próximo

Entenda o novo programa de redução de salários e jornadas de trabalho