Exército abre concurso com 1.100 vagas para Escola de Sargentos das Armas

Inscrições podem ser feitas entre 7 de abril e 4 de maio e a prova objetiva está prevista para o dia 3 de outubro

O Exército Brasileiro abriu um novo concurso da Escola de Sargentos das Armas (ESA). São oferecidas 1.100 vagas para ambos os sexos e as inscrições vão de 7 de abril a 4 de maio, exclusivamente por meio da internet. A taxa de inscrição custa R$ 95. As provas objetivas estão previstas para o dia 3 de outubro de 2021.

A seleção é feita anualmente pelo estabelecimento de ensino militar, com admissão de âmbito nacional. Após a conclusão do 2º ano do curso, o candidato será declarado 3º Sargento do Exército.

As vagas são distribuídas em três áreas distintas:

  • Área geral: 900 para os candidatos do sexo masculino, sendo 180 vagas destinadas à cota de negros; 100 para as candidatas do sexo feminino, sendo 20 vagas destinadas à cota de negros
  • Músicos: 45 vagas, para ambos os sexos, sendo 7 vagas destinadas à cota de negros;
  • Área de Saúde: 55 vagas, sendo 11 destinadas à cota de negros, de ambos os sexos.

Para se candidatar é necessário ter ensino médio completo. Além disso, é preciso possuir, no mínimo, 17 e, no máximo, 24 anos de idade, com exceção das áreas de saúde e música, cuja idade máxima será de 26 anos até o término da matrícula; ter no mínimo 1,60m de altura se do sexo masculino ou 1,55m se do sexo feminino e não ser oficial ou aspirante-a-oficial na ativa das Forças Armadas ou das Forças Auxiliares.

Os selecionados irão atuar no primeiro e segundo ano do curso de formação nas seguintes Unidades Tecnológicas do Exército: Alegrete (RS); Blumenau (SC); Campo Grande (MS); Fortaleza (CE); Itajubá (MG); Jataí (GO); Juiz de Fora (MG); Jundiaí (SP); Natal (RN); Pirassununga (SP); Pouso Alegre (MG); Rio de Janeiro (RJ); Taubaté (SP); Três Corações (MG).


Ler Anterior

Teste da Astrazeneca com crianças e adolescentes é interrompido no Reino Unido

Ler Próximo

SINTE/RN aciona Justiça para barrar Ação do MP que pede retorno das aulas