BUSCAR
BUSCAR
Parricídio
Filho é suspeito de matar o pai, policial, para defender a mãe

Um jovem de 29 anos é suspeito de matar o pai, que era sargento reformado da PM (Polícia Militar), em São José da Lapa, na região metropolitana de Belo Horizonte, neste domingo 3.

Júlio César de Abreu, de 56 anos, teria sido esfaqueado pelo filho após um desentendimento entre o militar e a esposa, que é mãe do suspeito.

O boletim de ocorrência indica que Felipe Máximo de Abreu confessou o crime, alegando que o pai teria usado uma vassoura para agredir a mãe, que teve um dos braços quebrados. Em seguida, o policial ainda teria tentado atingir a companheira com uma faca, momento em que o suspeito interferiu na briga.

Os militares afirmaram que, ao chegar ao local, o sargento reformado estava com dificuldade de respirar e com hemorragia. Ele foi socorrido no Hospital Risoleta Neves, mas não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Civil informou que o suspeito do crime estava abalado com morte do pai e não prestou depoimento na noite deste domingo. O delegado recebeu o caso como legítima defesa e liberou o suspeito para que ele possa ser ouvido nos próximos dias. Ainda segundo a corporação, o depoimento acontecerá na Delegacia de Plantão de Vespasiano, na região metropolitana de BH.

Fonte: Agora RN

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]