Governo do RN decide que academias poderão funcionar

Assim como aconteceu com a ´paralisação do futebol, Governo liberou o funcionamento das academias; mais uma vez ficou provado que decisão de fechamento foi burocrático

Por Marcos Lopes

O Governo do RN vai editar um novo decreto com medidas para reduzir a transmissão da Covid-19 e flexibilizando o comércio, igrejas e academias, que aliás não deveriam ter sido fechadas. As academias e os profissionais de educação física são por força de leia, essenciais à saúde.

Depois de causar constrangimento, insatisfação e prejuízos financeiros para empresários do setor fitness, comprometer centenas de profissionais em todos o estado, o Governo decidiu que as academias poderão voltar a funcionar respeitando o limite de 50% da capacidade de suas instalações, ficando sujeitas também à regra da ocupação de espaço dos cinco metros quadrados ( tudo isso já vinha sendo respeitado pelas academias ) e não poderão funcionar nos domingos e feriados enquanto o toque de recolher estiver em vigor.

Assim como aconteceu com o futebol, a paralisação das academias foi um erro primário do Governo do RN, que claramente não considerou para nenhuma das duas medidas os aspectos sanitários e de saúde. Foi uma decisão burocrática e aleatória de quem não conhece a realidade de funcionamento de uma academia profissional, que promove saúde física, mental e bem-estar.


Ler Anterior

Novo decreto no RN contempla escolas e abertura gradual do comércio

Ler Próximo

PRF inicia nesta quinta-feira a Operação Semana Santa 2021 nas rodovias federais