Governo exonera Rêgo Barros do cargo de porta-voz da Presidência

A exoneração foi publicada na edição da madrugada desta quarta-feira (7) do “Diário Oficial da União (DOU)”.

O porta-voz da Presidência da República, general Otávio Santana do Rêgo Barros foi exonerado do cargo. A exoneração foi publicada na edição da madrugada desta quarta-feira (7) do “Diário Oficial da União (DOU)”, e foi assinada pelo ministro chefe da Casa Civil, Walter Souza Braga Netto.

CASA CIVIL

PORTARIAS DE 6 DE OUTUBRO DE 2020

SECRETARIA DE GOVERNO

O MINISTRO DE ESTADO CHEFE DA CASA CIVIL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA , no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto no art. 4º do Decreto nº 9.794, de 14 de maio de 2019, resolve:

Nº 476 – EXONERAR

OTÁVIO SANTANA DO RÊGO BARROS do cargo de Porta-Voz da Presidência da República da Secretaria-Executiva da Secretaria de Governo da Presidência da República, código DAS 101.6.

WALTER SOUZA BRAGA NETTO

O presidente Jair Bolsonaro havia escolhido o general de divisão Otávio Santana do Rêgo Barros para a função de porta-voz do governo em janeiro de 2019.

Barros é militar da ativa, com experiência em comunicação social e trato com a imprensa e um currículo que inclui participação na Missão de Paz no Haiti. Ele chefiou também o Centro de Comunicação Social do Exército, sob o comando do general Eduardo Villas Boas, sucedido no posto pelo general Edson Leal Pujol.

No início de maio, Rêgo Barros, de 59 anos, contraiu o novo coronavírus, e se recuperou.

Cargo será ‘desativado’

No final de agosto, o governo federal informou que vai “desativar” o cargo de porta-voz da Presidência da República, decisão tomada em razão da edição da medida provisória 980/20, que recriou o Ministério das Comunicações.

Durante o ano de 2019, Rêgo Barros costumava conceder entrevistas diárias à imprensa, no Palácio do Planalto, para detalhar a agenda de Bolsonaro e responder a questionamentos da imprensa.

Em 2020, contudo, o chamado “briefing diário” não aconteceu mais.

Fonte: G1


Ler Anterior

Prazo para pagar inscrição no Revalida 2020 termina nesta quarta-feira

Ler Próximo

Natal tem 11 linhas de ônibus com tarifa mais barata: R$ 3,20