BUSCAR
BUSCAR
Latrocínio
Homem é preso em Natal após confessar que matou ex-vice-prefeito, mas é liberado por ter livrado o flagrante
Jadson Luan não possui mandado de prisão preventiva e, com isso, não ficou sob os cuidados da delegacia
Ex-vice-prefeito foi morto na semana passada em Natal - Foto: Reprodução

Um homem foi preso em Natal na tarde desta terça-feira (12) suspeito de matar o ex-vice-prefeito Pedro de Birico, do município de Boa Saúde.

Jadson Luan Damasceno, de 24 anos, foi preso pela Polícia Militar (PM) durante patrulhamento no Paço da Pátria, na zona Leste de Natal. O crime ocorreu na última quarta (5), em um lava jato da zona Leste de Natal.

De acordo com a PM, os militares estavam em ação de patrulhamento terrestre até que localizaram Jadson Luan Damasceno, de 24 anos.

Após ser questionado pelos militares, o suspeito confirmou a autoria do crime e foi encaminhado em seguida para a Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

Apesar de ter confessado o crime, o homem ficou pouco tempo na unidade. Ele foi liberado por ter livrado o flagrante.

Crime aconteceu na semana passada – Foto: Reprodução

Segundo a Polícia Civil, Jadson Luan não possui mandado de prisão preventiva e, com isso, não ficou sob os cuidados da delegacia. Ele vai responder em liberdade. “Por não haver mais estado de flagrância nem mandado de prisão, após ter sido interrogado, ele foi liberado”, afirma a PC em nota.

A Polícia segue em busca de um segundo homem, estava com Jadson Luan no momento do assassinato.

Pedro de Birico tinha 56 anos e foi assassinado no último dia 5 de janeiro. Ele estava com a esposa e um funcionário quando foi surpreendido pela ação de dois criminosos.

Na ocasião, o ex-vice-prefeito foi levado para uma parte mais reservada do lava jato e, na tentativa de se defender deu um golpe de martelo em um dos sujeitos, sendo atingido em seguida. O político morreu no local.

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]