BUSCAR
BUSCAR
Hospital Santa Catarina é um cemitério de aparelhos quebrados, diz médico

Médico Madson Vidal. Foto: 98 FM

O médico Madson Vidal, em entrevista ao 12 Em Ponto 98 nesta sexta-feira (26), fez críticas sobre a falta de UTIs neonatal no Rio Grande do Norte. Segundo o médico, falta estrutura e manutenção da ala pediátrica do Hospital Santa Catarina, na zona Norte da capital. Vidal é diretor e fundador da associação AMICO (Amigo do coração da criança), anestesiologista do Grupo Incor e responsável pela UTI Pediátrica e Pós Operatório do Hospital Rio Grande.

“Como é que a maior maternidade do Estado, que é o Santa Catarina, tem um cemitério de aparelhos quebrados? Quando quebra um aparelho, bloqueia um leito. Como é que a maior maternidade do Estado não tem um aparelho de ecocardiograma que custa R$ 130 mil e todo prematuro precisa?”, disse.

O médico disse ainda que há uma série de deficiências na rede de assistência pediátrica do Estado, como falta de exames e raio x. Vidal explicou que um leito de UTI neonatal salva a vida de quase 40 bebês por ano, e criticou o fato do Hospital da Polícia Militar não expandir o número de leitos.

“Quando se prepara um ambiente, uma unidade de UTI Neonatal é para cuidar de 10 crianças, aí na polícia só tem 5 leitos ou 6, era para expandir para mais 4. Estão morrendo, está faltando leito porque o sistema de saúde está podre, ele já ruiu, e explode lá na ponta de quem precisa”, disse.

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informou nesta quinta-feira (25) que está investindo na qualificação e formação de profissionais através do Programa de Residência Médica em Neonatologia, que funciona no Hospital Dr. José Pedro Bezerra (Hospital Santa Catarina). A disse que o Governo está mantendo o diálogo com o Conselho Regional de Medicina e as cooperativas médicas na busca de apoio para solucionar a dificuldade de contratação de médicos neonatologistas.

Segundo a Sesap, a rede SUS no RN tem hoje em sua estrutura para assistência pediátrica e neonatal: 50 UTIs pediátricas e 91 UTIs Neonatal. São 59 leitos de UTI neonatal e 40 leitos pediátricos de UTI em Natal, 10 leitos de UTI Neonatal em Parnamirim, 5 leitos de UTI Neonatal em Santa Cruz e 17 UTIs Neonatal e 10 UTIs pediátricas em Mossoró.

 

 

 

 

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]