Lula venceria Bolsonaro no 1º turno caso a eleição fosse hoje, aponta pesquisa do Ipec; veja os números

Jair Bolsonaro (PSL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) (Fotos: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil – Daniel Pinheiro/Agência Brasil)

Uma pesquisa eleitoral divulgada nesta sexta-feira (25) pelo Ipec (Inteligência em Pesquisa e Consultoria), ex-Ibope, indica que se a eleição presidencial fosse hoje o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria 49% das intenções de voto no primeiro turno, contra 23% do atual presidente, Jair Bolsonaro (sem partido). Levando em consideração apena os votos válidos, o petista teria 56% das intenções e venceria já no primeiro turno, enquanto Bolsonaro ficaria com 26%.

Na sequência, segundo o levantamento, aparecem o ex-governador do Ceará e ex-ministro Ciro Gomes (PDT), com 7%, e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 5% das intenções de voto. Já o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) foi indicado como o voto de apenas 3% dos ouvidos pela pesquisa.

O número de pessoas que afirmaram preferirem votar nulo ou em branco foi de 10% – 3% não responderam.

Avaliação

O instituto também procurou saber como está a avaliação de Bolsonaro. Segundo a pesquisa, a reprovação do atual presidente saltou  dez pontos percentuais de fevereiro para cá, passando de 39% para 49%. Já a aprovação caiu de 28% para 24%.

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O levantamento ouviu 2.002 pessoas de 17 a 21 de junho em 141 municípios do país. O Ipec foi fundado em 2021 por ex-dirigentes do Ibope Inteligência, que encerrou as atividades.

Datafolha

Vale ressaltar que, em maio, a pesquisa do instituto Datafolha mostrou que Lula liderava a corrida para a Presidência com margem confortável no primeiro turno e venceria o atual mandatário na segunda etapa. O petista alcançava 41% das intenções de voto no primeiro turno, contra 23% de Bolsonaro.

Num eventual segundo turno contra Bolsonaro, de acordo com o levantamento do Datafolha, Lula levaria ampla vantagem, com uma margem de 55% a 32%.

*Com informações da Folha de Pernambuco


Ler Anterior

Fábio Faria diz que vai se vacinar, mas rejeita Coronavac: “Vou ver se tem a outra”

Ler Próximo

Governo do RN anuncia vacinação de todos os profissionais da Educação até o dia 30 deste mês