BUSCAR
BUSCAR
Luto
Marília rima com família!!

Por Renato Cunha Lima

Toda “sexta” deveria caber somente coisas boas, mas o “sextou” de ontem entristeceu o Brasil, enlutou todo o pessoal da música sertaneja e deixou desolado amigos e familiares das vítimas do acidente aéreo, que dentre os passageiros, vitimou a carismática cantora Marília Mendonça.

Com perplexidade recebemos as primeiras notícias do acidente aéreo que ocorreu em Caratinga, Minas Gerais. As primeiras notícias eram esperançosas, com notícias de sobreviventes.

Com a demora de novas notícias e com as imagens dos bombeiros em ritmo cauteloso, invés da reação frenética e natural de retirar e socorrer as vítimas da fuselagem logo o que pensei se confirmou, não houve infelizmente sobreviventes.

Que tragédia!! Não corri para comentar ou ler postagens nas redes sociais, foram raros os grupos de WhatsApp que troquei alguma mensagem e na verdade minha vontade foi de correr para casa e beijar meus filhos.

Existe uma música incrível do Elton John, Rocket Man, que trata da pessoa que precisa viajar a trabalho e passar muito tempo fora de casa.

“Ela fez minhas malas, noite passada, antes do voo
Hora do lançamento: 9 da manhã
E eu estarei tão alto
Quanto uma pipa quando chegar lá”

Não é só de glamour que vive os artistas e profissionais envolvidos no “show business”, são muitas viagens e noites em hotéis diferentes e vários dias longe de casa, ainda mais para o pessoal da música sertaneja.

O sertanejo e variações reúnem os artistas que mais trabalham, que mais produzem, quem mais faturam e notadamente os que mais se arriscam em voos fretados. Alguns artistas, inclusive, já são possuidores de aeronaves.

Os artistas, cantores e cantoras, são empresas que empregam uma série de profissionais. Existe todo um cuidado, como sempre deve existir mais e mais com a agenda e a logística, mas não há como controlar o imponderável.

Muito triste o que aconteceu com Marília e demais vítimas, exatamente quando os eventos estão voltando depois dessa hecatombe da pandemia, uma tragédia comovente que nos chega quando buscamos esperança para retomar a vida normal.

Viver é um risco! Costumo dizer que a vida é incurável e ninguém escapa dela com vida. Estamos sujeitos infelizmente ao acaso do destino e aos desígnios divinos.

O que nos faz pensar que devemos valorizar o agora, o presente de Deus. Não podemos simplesmente deixar se esvair a areia da ampulheta da vida entre os dedos! — Que Jesus nos guarde e nos abençoe!

Marília rima com família, por conta dela, em todas as casas brasileiras, as pessoas estão consternadas, tristes e reflexivas. O poeta já disse que a vida é uma belezura e que vale mais pela largura, que pelo comprimento e a largura da brevíssima vida da jovem cantora merece aplausos, só fez o bem.

Vamos superar, só não vamos esquecer. É mais que uma “sofrência”, tem saudade, tem lamento, mas tem agradecimento, tem resiliência e fé. Quem sabe cantando, os males espantamos….

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]