BUSCAR
BUSCAR
Mesmo sem aprovação da Anvisa, Natal vai aplicar Sputnik V se receber doses, afirma prefeito Álvaro Dias
Prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), durante entrevista ao programa Repórter 98, da 98 FM, nesta terça-feira (15) – Foto: 98 FM / Reprodução

O prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), afirmou nesta terça-feira (15) que a gestão municipal vai aplicar doses da vacina Sputnik V caso o Governo do Estado realmente adquira o imunizante e repasse frascos para a capital potiguar.

Em entrevista à 98 FM Natal, Álvaro Dias destacou que, apesar de não ter passado pelo crivo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Sputnik já é utilizada em outros países e tem eficácia e segurança atestadas em agências reguladoras do exterior.

“Recebo (as doses) e vamos aplicar, se houver repasse dessas vacinas. São vacinas que foram utilizadas em muitos países do mundo. Tem uma eficácia não de 100%, mas tem uma eficácia comprovada. Vamos utilizar”, afirmou o prefeito de Natal, em entrevista ao programa Repórter 98, da rádio 98 FM Natal.

Nesta terça, em comunicado à imprensa, o Governo do Estado anunciou que adquiriu 300 mil doses da Sputnik V através do Consórcio Nordeste. Os frascos devem chegar em julho, segundo a administração da governadora Fátima Bezerra (PT).

A compra do Consórcio Nordeste só foi viabilizada porque a Anvisa autorizou no último dia 4 que estados da região importassem doses suficientes para imunizar até 1% de suas populações. Essa e outras condicionantes foram postas porque o imunizante não passou pela análise da agência para testagem de segurança e eficácia. A aprovação é excepcional diante da corrida mundial por vacinas.

O Rio Grande do Norte não estava incluído na lista dos estados autorizados pela Anvisa a importar a vacina. O PORTAL DA 98 FM questionou o Governo do Estado e a Anvisa sobre isso e aguarda respostas. Também não há esclarecimentos sobre a quantidade, pois, considerando a autorização excepcional, o Estado só poderia importar 70 mil doses – suficiente para imunizar 35 mil pessoas (1% da população estadual).

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]