Ministério da Saúde assinará na terça compra de novo lote da CoronaVac, afirma Butantan

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou nesta sexta-feira (29) que o governo federal se manifestou sobre a compra do lote com 54 milhões de doses da CoronaVac e deve assinar contrato na terça-feira (2).

Na quinta-feira (28), Dimas Covas chegou a dizer que se o governo não se manifestasse, o instituto negociaria diretamente com estados e municípios. Um dia antes, na quarta (27), Dimas afirmou que o lote poderia ser exportado para países que já manifestaram interesse na compra.

O contrato para a inclusão da vacina no Plano Nacional de Imunização (PNI) prevê a compra de 46 milhões de doses da CoronaVac, com entrega até 30 de abril, mas com a previsão dessa solicitação de outras 54 milhões de doses, totalizando 100 milhões. A vacina contra a Covid-19 é produzida em parceria pelo Butantan e pela farmacêutica chinesa Sinovac.

Pelo contrato, o Ministério da Saúde podia manifestar o interesse pelo segundo lote até 30 dias após a entrega de todas as doses do primeiro.


Ler Anterior

Feriado de Carnaval ainda está indefinido no Rio Grande do Norte

Ler Próximo

Inscrições para Fies terminam hoje