‘Ministro da Saúde executa a política do governo’, diz Marcelo Queiroga

O médico cardiologista Marcelo Queiroga,  escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir o Ministério da Saúde, participou de reunião na manhã desta terça-feira (16) com o ainda ministro Eduardo Pazuello para organizar a transição do cargo.

Ao chegar para o encontro com Pazuello, Queiroga ressaltou que a formulação das políticas parte do Palácio do Planalto.

“O governo está trabalhando. As políticas públicas estão sendo colocadas em prática. O ministro Pazuello anunciou todo o cronograma da vacinação. A política é do governo Bolsonaro. A política não é do ministro da Saúde. O ministro da Saúde executa a política do governo. Ministro Pazuello tem trabalhado arduamente para melhorar as condições sanitárias do Brasil e eu fui convocado pelo presidente Bolsonaro para dar continuidade a esse trabalho”, disse Queiroga.

“O presidente está muito preocupado com a situação (do país na pandemia), pensa nisso dioturnamente”, afirmou o médico.  “O governo está trabalhando, politicas publicas estão sendo colocadas em prática, já anunciou cronograma de vacinação”.

*Com informações complementares do G1


Ler Anterior

Fiocruz entrega mais de 1 milhão de doses de vacina a partir de amanhã

Ler Próximo

Comitê científico recomenda medidas ainda mais restritivas diante de ‘cenário trágico’ no RN