Ministro Ernesto Araújo pede demissão do cargo

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por redação

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, pediu demissão do cargo na manhã desta segunda-feira (29). A informação foi publicada pelo jornal O Globo, com base em relatos de fontes ligadas ao chanceler. A decisão, no entanto, não foi oficializada.

Considerado um responsável pelo fracasso das negociações internacionais para a compra de vacinas contra a covid-19, Ernesto Araújo entrou em conflito com representantes do Congresso Nacional e havia, inclusive, a possibilidade de se abrir um processo de impeachment contra o auxiliar de Bolsonaro.

Nos bastidores do Governo Federal, a ala militar tenta convencer o presidente a substituir o chanceler, e não apenas transferir o assessor Felipe Martins para outro cargo, como ele planeja. O movimento de entregar a cabeça do assessor seria justamente para segurar o ministro, mas não parece suficiente.


Ler Anterior

Médico diz que sem aglomeração, futebol não é risco para transmitir Covid-19

Ler Próximo

A espera da revolta de Atlas