Moradores da Zona Leste pressionam STTU por volta de linhas de ônibus

Moradores de bairros da Zona Leste de Natal estão coletando um abaixo-assinado para pressionar a Prefeitura pelo retorno de linhas de ônibus que deixaram de circular no ano passado. Os usuários reclamam da falta de opções de linhas e da lotação nos ônibus que ainda seguem rodando.

A ação é coordenada pelo vereador Eribaldo Medeiros (PSB) que tem coletado assinaturas nos bairros das Rocas e Santos Reis e pretende apresentar o documento à Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU). A principal reivindicação dos moradores é o retorno da linha 48, que ligava Brasília Teimosa, nas Rocas, ao bairro do Alecrim via Nova Descoberta.

Essa linha foi desativada em setembro de 2020 devido a reestruturação do transporte coletivo pela redução da demanda durante a pandemia. Uma nova linha foi colocada no lugar, mas com percurso diferente, diminuindo a oferta para Brasília Teimosa.

Uma decisão da Justiça de novembro do ano passado chegou a determinar o retorno das linhas desativadas, mas as empresas de ônibus conseguiram manter o percurso que foi modificado e também com frota reduzida. Atualmente, de acordo com a STTU, 68,41% da frota está rodando em Natal.

As empresas de ônibus e a STTU alegam que não há necessidade de restabelecer 100% da frota na capital potiguar porque a demanda segue baixa. A reclamação dos moradores é de que no começo da manhã e à noite, ônibus circulam lotados e justificam que, na próxima semana, a volta às aulas na rede pública deve aumentar a demanda pelo transporte.


Ler Anterior

Portugal suspende voos entre o país e o Brasil

Ler Próximo

Mais de 1 milhão de pessoas já foram vacinadas contra a Covid-19 no Brasil